JAGUARUNA – MISSA FESTIVA DA SENHORA DAS DORES

14 de setembro de 2011. 19:30h. Cheguei mais cedo para acolher o povo na porta da matriz. Aos poucos os devotos foram chegando. Também os festeiros da Festa da Senhora das Dores vieram me cumprimentar. Estavam nervosos, mas felizes depois de uma longa caminhada na preparação da festa e visita a todas as comunidades da paróquia.

O Pe. Rogério foi quem me acolheu, visto que o Administrador estava com outra ocupação. O Movimento de Irmãos foi quem cuidou da animação; e, como sempre, fez bonito.

Fiquei muito feliz por poder reencontrar meus compadres Jorge e Vanderléia (meu afilhado Gabriel serviu o altar como coroinha!), meu colaborador na Casa Paroquial quando fui Pároco em Jaguaruna, o José Eufrásio e sua esposa Teça. Ali estavam meus amigos do Vozes do Espírito, a Léia Piucco e tantos e tantos companheiros de caminhada que fazem parte de minha história pessoal.

Após a comunhão, fizemos um momento de Coroação da imagem da padroeira. Chamei toda a comunidade mais para perto da imagem. Foi muito bonito, especialmente quando toda a comunidade cantou “Utopia”, do Pe. Zezinho.

Ao final da celebração o Vigário, Pe. Rogério, fez os agradecimentos e renovou o convite para a semanada de festa. E brincamos coma comunidade cantando “Quel mazzolino di Fiori”, recordando nossos tempos idos no Seminário, em Florianópolis.

Comentários