JUBILEU DE PRATA DE FIGUEIRA GRANDE MOTIVA ENCONTRO INTERDIOCESANO DA MÃE PEREGRINA

(28/04/2016) Parece que foi ontem, mas já se passaram 25 anos desde que as famílias da região da Figueira Grande se desmembraram de Cangueri Quadro da Capela e começaram a caminhar como comunidade organizada. 

Criaram seu Conselho de Pastoral, definiram suas lideranças, organizaram novas pastorais e passaram a ter um calendário de celebrações, inclusive com a presença dos padres. 

Depois, com o fomento recebido com a chegada da Campanha da Mãe Rainha e a Ermida, as Irmãs de Maria e muitos romeiros de Nossa Senhora passaram a frequentar o local. Desde então, a comunidade passou a ser uma referências para as demais localidades, tanto por sua dinâmica, quanto pela sua organização, união e espiritualidade diferenciada. Retiros, Encontros, Dias de Oração e Adoração, Cerco de Jericó, ações missionárias... muitas atividades ajudaram a comunidade a perseverar na fé. 

Não tivessem os jovens saído da comunidade atrás de emprego e estudos em outras cidades maiores, a comunidade, certamente, teria crescido muito mais na sua missão. A abnegação de adultos e alguns jovens, não deixa dúvidas sobre o carisma mariano do lugar. 

Ainda hoje, muita gente vem vivenciar a fé no Cantinho de Maria que, hoje, já possui uma bela e grande capela. Encontros Marianos reúnem pessoas de toda a diocese e até das Dioceses vizinhas. Como este que está sendo preparado para o próximo domingo. 

Hoje, com a Missa às 19h, presidida pelo Pe. Auricélio (que já foi pároco de Imaruí por muitos anos), teve início o Tríduo festivo em preparação para o Encontro. O Coral local animou a celebração. A comunidade comemora 25 anos de caminhada e, como não poderia deixar de ser, Figueira Grande deseja celebrar sua história com todos os missionários e devotos da Diocese que a ajudaram a construir história tão bonita. 

Parabéns! E que Deus, por Maria, continue a abençoar os próximos anos que virão!

Comentários