segunda-feira, 12 de setembro de 2016

MÃE E FILHA AGRADECEM GRAÇA RECEBIDA POR INTERCESSÃO DE ALBERTINA

(10/09/2016) Uma aflita mãe da grande Florianópolis esteve visitando o Santuário de Albertina no mês de julho. Veio acompanhada de um grupo de amigas. 

Ouviu o reitor do Santuário contar o testemunho de vida da Beata e ficou muito tocada com a coragem e a fé da adolescente. Esta senhora estava passando por um grande tormento, pois sua única filha, uma jovem talentosa, além de estar passando por turbulências no namoro, também estava sem perspectiva profissional, também fora diagnosticada de muitos tumores na região do pescoço. 

Diante dos primeiros exames, o médico diagnosticou graves problemas. Mãe e filha possuem formação acadêmica na área da Saúde e compreenderam a gravidade da situação. Ao retornar da romaria ao Santuário, em São Luiz, a mãe teve um mal súbito e um terrível sentimento de perda da filha. “Eu desci ao inferno”, explicava a senhora. Foi quando se recordou de Albertina e sentiu que ali encontraria uma resposta às suas orações. Pediu sinceramente que a Beata intercedesse pela sua filha. 

Em casa, adormeceu. E sonhou que Albertina veio junto da moça enferma e tirou, com suas delicadas mãozinhas, um a um, cada nódulo. “Eu falei para Albertina: ‘Leve para longe essas ‘sementinhas’ para que ninguém mais venha a sofrer por causa delas’”, contou-me a senhora. 

Retornando ao mesmo médico, após novos exames, a grande surpresa: não havia mais nódulos! “A gente, agora, está no Céu, graças à intercessão de Albertina junto a Deus; tudo em nossa vida melhorou significativamente!”. Nesta manhã de 10/09, Pe. Auricélio receber a mãe e a filha (com seu namorado) no Santuário; vieram agradecer a bênção recebida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário