sexta-feira, 17 de junho de 2016

11ª ROMARIA DIOCESANA CONCENTRA FIÉIS NO SANTUÁRIO DE ALBERTINA



(12/06/2016) O povo de Deus é marcado por ser um povo a caminho, ‘em saída’. Faz parte da vivência de fé fazer romarias a lugares marcantes na vivência da fé. São Luiz, no interior de Imaruí, da Paróquia de Vargem do Cedro, é um destes lugares que atraem romeiros. 

Além da beleza natural – mas, não por isso – o quê chama mesmo a atenção das pessoas é o testemunho de fé da jovenzinha que viveu e morreu como santa. Hoje aconteceu a 11ª Romaria Diocesana no Santuário da Bem-Aventurada, também chamada Festa de Albertina e, até no ano passado, Romaria Vocacional. Tradicionalmente a Romaria acontece no primeiro domingo do mês, mas, excepcionalmente neste ano, foi agendada para o segundo domingo. A data está vinculada ao martírio de Albertina Berkenbrock ocorrido no dia 15 de junho de 1931, quando ela tinha doze anos de idade. 

O tema deste ano foi “Nossa vocação: testemunhar a Misericórdia”. Romeiros de toda a Diocese se concentraram hoje em São Luiz para as celebrações que aconteceram ao longo do dia: Missas, Terço da Divina Misericórdia e Adoração Eucarística. A celebração eucarística foi presidida pelo reitor do Santuário, Pe. Auricélio. 

A animação foi do Grande Coro da Beata Albertina, que comemorava seu primeiro aniversário de existência. Alguns corais não puderam se associar ao Coro por causa do frio. No Salão Comunitário a CAEP e demais voluntário serviram concorrido almoço e adquiriram bolos, pães e rocamboles. 

À tarde, no Santuário, Pe. Auricélio dirigiu o Terço da Divina Misericórdia e a Adoração Eucarística. Em seguida, o Pe. Sérgio Jeremias de Souza presidiu a Santa Missa. Durante todo o dia os romeiros puderam visitar a Gruta do Martírio e o Memorial da Beata Albertina. A próxima Romaria Diocesana acontecerá no dia 04 de junho de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário