TREZE DE MAIO – MISSA DE SÃO SEBASTIÃO

17 de janeiro de 2015. 20h. De repente notei que o tempo passou rapidamente e já estava atrasado para pegar estrada rumo à Treze de Maio (SC). Pedi pra Nossa Senhora ir abrindo as veredas para que eu pudesse celebrar com a comunidade. 

Mas, por Deus e a Virgem, cheguei a São Sebastião, no sul do município, à tempo. Ainda acompanhei a procissão motorizada que transladava a imagem do padroeiro da residência de uma família de volta à igreja. 

Dia de festa! Dia de vivenciar a devoção popular. Dia de cultivar a fé recebida dos antepassados. Dia de celebrar a tradição. Uma multidão de fiéis compareceu à capela dedicada ao glorioso mártir. O Ministério de Música Inspiração, da matriz São José, animou a Santa Missa. Eu a presidi auxiliado por uma boa Equipe de Liturgia. 

Havia muita alegria em todos os semblantes. Crianças, jovens e adultos cantaram e rezaram e participaram vivamente dos momentos litúrgicos. Aproveitei o final da homilia para cantar “Amor e Caridade”, do meu penúltimo CD. Pedi que os festeiros pegassem o andor nos ombros, cantamos o Hino do padroeiro, fizemos orações. 

Chamei as crianças para junto do andor do Santo e fizemos orações, abençoamos os pães que seriam ofertados aos devotos. Houve uma salva de fogos de artifício quando terminou a Missa. A criançada ganhou pirulitos dos festeiros. Na sacristia, ainda permaneci um bom tempo recebendo os leigos e dando bênção aos que pediram.

Comentários