segunda-feira, 22 de setembro de 2014

SÃO LUDGERO – ENCONTRO PAROQUIAL DE CRISMANDOS



20 de setembro de 2014. 13:30h. Quase 140 jovens participaram do Encontro Paroquial de Crismandos, juntamente com seus catequistas. D. Necy, a coordenadora paroquial da Catequese, cuidou de tudo, juntamente com sua equipe. 

O Auditório Paroquial estava bem preparado. Pe. Domingos Dorigon, o pároco, veio nos receber e fez a abertura oficial do evento. Os seminaristas animaram com muita galhardia a moçada e ninguém ficou parado! Houve tempo para rezar, para refletir e para brincar. 

Dividimos alguns dos nossos trabalhos com os seminaristas: eu falei sobre a importância de Jesus em nossa vida; o Gabriel refletiu sobre a Oração na vida do cristão; o João Vitor tratou da Amizade e nossos relacionamentos sociais. 

Depois fizemos um trabalho em equipe. Formamos 15 grupos, coordenados por seminaristas e catequistas. Deveriam responder duas questões a partir do texto da Revitalização do Jovem em Naim. O resultado das reflexões foi apresentado em cartazes e em plenário. A partilha foi muito enriquecedora. 

Então, participamos do lanche com os crismandos! O seminarista Jean Marcos abordou o tema Jovens “em saída” e Vocação. Por fim, após os agradecimentos e comunicados, eu dirigi um momento de oração e concluímos o Encontro. 

OLARIA DO TIM – MISSA DO DÍZIMO

19 de setembro de 2014. 19:30h. Novamente tive a oportunidade de rezar com os irmãos desta comunidade de Santa Clara, na Olaria. Tenho ido a várias comunidades de Monte Castelo. E sempre sou muito bem acolhido. 

Nesta noite a capela ficou repleta de cristãos e rezamos pelas vocações. Toquei e cantei, mas quem animou a Missa foi o Darci. Também buscamos destacar a grande participação dos catequizandos.

NA SÚPER RÁDIO TUBÁ COM MAGDA MARTINS

18 de setembro de 2014. 16h. A jornalista Máda Martins, sempre muito gentil, me convidou para estar em seu programa “De Mulher para Mulher”, na Rádio Tubá, nesta tarde. 

Abordamos os trabalho de animação vocaciona e os próximos eventos da Diocese: Peregrinação da é, Encontrão Vocacional e Encontro Vocacional para Moças. 

Fiquei lisonjeado com o convite e por poder tratar destes assuntos tão importantes.

CATEDRAL – FESTA DA PADROEIRA DE TUBARÃO



15 de setembro de 2014. 19h. Feriado em Tubarão. Suspendemos a Missa na CEDA e fomos participar com toda a cidade dos festejos da padroeira da cidade e da Diocese. Vários padres presentes, juntos com o Bispo e uma multidão de devotos. 

Após a procissão motorizada, que levou a imagem da padroeira a todas as matrizes da cidade, houve a Santa Missa na catedral. D. João estava, como sempre, muito inspirado! Os seminaristas estavam presentes e vários deles auxiliaram na liturgia. Foi um belo momento diocesano este que vivenciamos, cheio de significados, junto da imagem de nossa Mãe. 

BARRACÃO - FESTA DAS VOCAÇÕES

14 de setembro de 2014. 9:30h. Neste lindo domingo, Dia do Senhor, estive em Barracão, no interior de Orleans. Comigo foram o seminarista Daniel Wanderlind e sua mãe Deth. 

Seu Leonor Bianco logo veio nos acolher; é ele quem promove, anualmente, a Festa das Vocações. Está sempre preocupado em suscitar novas vocações e transmite este seu amor para a comunidade. O coral local animou muito bem a Santa Missa. 

Eu e o seminarista falamos sobre Vocação. Ao final recebemos vários donativos para o Seminário. Depois, tivemos a alegria de almoçar com a família Bianco e passar ótimos momentos de confraternização. Seu Leonor nos levou para visitar a Vinícula Bianco, de seu irmão Leonildo. Lá tivemos oportunidade de degustar os bons vinhos que produzem. E ainda tivemos tempo para provar da deliciosa garapa. 

Por conta destas visitas, não conseguimos participar do Encontro Interdiocesano de Grupos de Famílias, que está acontecendo em Rio Fortuna. Todavia, permanecemos em comunhão com as milhares de pessoas que lá se fizeram presentes. 

ENCONTRO PAROQUIAL DOS MISSIONÁRIOS DA MÃE PEREGRINA



13 de setembro de 2014. 14h. Foi uma tarde maravilhosa esta que vivemos junto com os missionários da Mãe Peregrina da paróquia de Oficinas, em Tubarão. a coordenação caprichou nos detalhes. Estavam celebrando o Centenário da Obra de Shoenstatt! Dois jovens animadores da comunidade de Km 60 cuidaram dos cânticos. 

Após a espiritualização, as coordenadoras Diocesana (D. Terezinha Motta) e Comarcal (D. Izabel) usaram a palavra. O pároco, Pe. Vanderlei da Rosa, acolheu a todos e desejou um bom encontro. 

Coube a mim, como Assistente Eclesiástico do Movimento na Diocese, dirigir a reflexão. Durante uma hora estudamos a história e os objetivos do Movimento. Ao final houve a entrega de brindes e o sorteio de uma rifa.

CÊRCO DE JERICÓ – VILA PE. ITAMAR – TUBARÃO



11 de setembro de 2014. 20h. Uma enorme tenda foi armada ao lado do Salão Paroquial da capela Santa Catarina de Senna, paróquia de Morrotes, em Tubarão (SC). Foi ali que a multidão se abrigou da chuva e do frio nesta noite. No interior do templo um grupo estava em Adoração ao Santíssimo Sacramento. 

No Salão, prepararam uma sacristia, uma livraria, o Cerquinho para as crianças e o local de alimentação. Na tenda o ministério de música da comunidade de Bom Pastor, de Tubarão, acolhia e preparava a comunidade. Um grande palco foi instalado, onde colocaram o altar para o Sacrifício. Os seminaristas me acompanharam e foram calorosamente acolhidos. 

A Missa transcorreu normalmente, com muita unção e compenetração. Ao final da homilia cantei “Chamado irresistível” e “Amor e caridade”. Após os comunicados, fizemos o “Passeio” com o Senhor e concedemos a bênção. 

Cumprimentamos as pessoas. Depois, nos ofereceram um lanche. Inesquecível foi a acolhida das crianças ao Senhor: “Rei, Rei, Rei! Jesus é nosso Rei!”. E “Jesus, eu Te amo!”. 

terça-feira, 9 de setembro de 2014

BODAS DE OURO DE SEBASTIÃO E OSMARINA





07 de setembro de 2014. 10h. Foi um lindo e inesquecível dia para toda a nossa família este da celebração de Bodas de Ouro de nossos pais Sebastião e Osmarina! Às 10h, na matriz Santa Terezinha da Passagem, em Tubarão, rezamos a Missa de ação de graças, na qual nossos pais renovaram seus compromissos matrimoniais. Receberam muitas homenagens. 

Os padres Raimundo, que os casou, e o Antônio Damiani, atual Vigário, concelebraram. Meus irmãos e cunhadas cuidaram das músicas e liturgia, juntamente com os netos do casal jubilar. Na procissão de entrada, a Rosélia (filha mais velha) entrou com o pai; e eu (filho mais velho), com a mãe. O Renato e a Fátima leram a “biografia” do casal, despertando muitas recordações e risadas. O Jean e o Hayllan acolitaram. 

Parentes, amigos de Igreja, compadres, padres, seminaristas e religiosas estavam presentes. Nossos pais trocaram alianças, quando o pai cantou uma linda canção de amor para nossa mãe. O Aurelinho também fez sua homenagem, cantando com seu violão, enquanto a Angelita e seus filhos traziam um bouquet de flores. 

Tudo ia acontecendo sob os olhares atentos da Flávia, que organizou tudo. A Rosiléia Piuco cuidou dos comentários e da cerimônia no Salão de Festas. Ao final da celebração, Pe. Raimundo e Pe. Damiani dirigiram alumas palavras muito carinhosas ao casal e à família. Na igreja cantamos “Parabéns”. 

No Salão, a festa continuou. Tudo estava decorado com muito bom gosto! O pessoal da cozinha caprichou! Após os ritos iniciais, o casal jubilar entrou majestosamente no Salão e desfilou sob os aplausos dos convidados. Eu dirigi uma oração de cão de graças. E todos puderam se deleitar com os alimentos oferecidos. 

Durante a tarde ainda foi servida a sobremesa, depois o sorvete e, por fim, o café colonial. A animação ficou por conta das surpresas: a dupla Lara e Eduardo (netos), um vídeo com mensagens dos filhos (coisa da Rô e da Flávia) e músicas com a Banda do João Tadeu (sobrinhos). 

Os “noivos” usaram a palavra para agradecer as homenagens e as presenças de todos! E entregaram aos seminaristas um baú onde os convidados, através de contribuição espontânea, depositaram ofertas ao Seminário. Lindo gesto de nossos pais que abdicaram de receber presentes para si mesmos! Tudo foi maravilhoso, graças a Deus!

MISSAS VOCACIONAIS EM SÃO LUÍS, SERTÃO DOS MENDES E SERTÃO DOS CORREIAS



06 e 07 de setembro de 2014.  Neste sábado, eu e todos os seminaristas nos dirigimos à comunidade de São Luís para a Santa Missa. O seminarista Judá, da Filosofia, nos acompanhou e animou com seu violão. 

Às 19:30h, no Sertão dos Mendes, chegando um pouco atrasado, celebramos outra Missa. Tudo transcorreu tranquilamente. Como é bom perceber o esforço que fazem nossas lideranças! 

No dia seguinte, Dia da Independência, presidi Missa no Sertão dos Correias. Foi muito bom reencontrar os velhos conhecidos. Os seminaristas Vinícius Duarte e Daniel Wanderlind me acompanharam. O Grupo de Cantores do Morro do Cruzeiro animou muito bem a celebração!

COCAL DO SUL – MISSA-NOVENA DA NATIVIDADE



05 de setembro de 2014. 19:30h. Não foi fácil chegar à Cocal do Sul nesta noite. Seguindo informações pouco claras, tive dificuldades para encontrar a bela cidadezinha catarinense. Cheguei a tempo para rezar, conversar com as pessoas e fazer os acertos com o pessoal da Liturgia. 

A matriz de Nossa Senhora da Natividade estava toda enfeitada para a celebração de sua padroeira. E eis que, passada quase meia hora, uma procissão luminosa trouxe a imagem da Mãe Menina, sobre um andor, em meio a foguetes de artifício e aplausos dos devotos. A comunidade local das Irmãs Carmelitas estava presente e prestativa. 

O Ministério de Música Chama Infinita realizou bem sua tarefa. Fiquei lisonjeado porque eles conheciam várias de minhas canções. E cantaram “Tocado por Deus”. Eu também toquei “Chamado irresistível”. O Pe. Eloir Borges, que é o pároco, me acolheu e concelebrou comigo. Senti-me muito à vontade estando com este bom povo de Deus de Cocal.

CAMPO D’UNA – ENCERRAMENTO DA CAMPANHA À NOSSA SENHORA DESATADORA DOS NÓS

03 de setembro de 2014. 20h. À convite da RCC da comunidade de Campo D’Una, paróquia de São Joaquim, de Garopaba (SC), eu e os seminaristas estivemos celebrando a Santa Missa. Era o encerramento de uma Campanha de nove encontros de oração à Nossa Senhora Desatadora dos Nós. 

O salão onde a comunidade se reúne, enquanto a nova igreja não fica pronta, estava lotado. Gente de todas as idades enfrentou o frio e a chuva. Soubemos que em todas as noites de louvor há uma grande concentração de pessoas. 

O Ministério de Música da comunidade animou a Missa. Antes da bênção final, houve o rito de visitação à imagem da Santa. Em suas mãos as pessoas passavam um cordão de onde foram desfeitos os nove nós. Estes cordões foram deixados aos pés da imagem, num tacho. 

Ao término do rito, após a bênção, os cordões foram queimados na frente do salão, junto à cruz das Missões. Tudo foi feito com muita devoção e sentimento. Terminada a Missa, todos os participantes participaram do lanche comunitário. Deixamos nossos cumprimentos aos padres que atuam na Paróquia: Marcos e Marcos Túlio.

PELA PALAVRA, CRESCER NAS DIMENSÕES DO AMOR



“Oi, mãezinha!”, “Olá, paizinho!”, “meus amiguinhos”, “uma roupinha”, “um joguinho”, “uma oraçãozinha”, “uma missinha”... Por mais hilário que pareça, tem sido muito comum o uso de expressões desse tipo. Usadas assim no diminutivo, ao contrário de expressar carinho, podem expressar, na verdade, um certo desprezo por aquilo que se quer dizer. É verdade que os afetos mexem com nosso jeito de falar e com nossos gestos também. E que não podemos tratar uma criança e um adulto da mesma forma. Aliás, nem queremos pular etapas do desenvolvimento natural de uma criança; e nem, tampouco, pretendemos infantilizar um adulto.
No campo da vivência da fé esta questão também pode ocorrer. Por isso, é salutar tomarmos um ensinamento (na verdade, trata-se de uma súplica!) de São Paulo na Carta que ele escreveu aos Efésios 3,17-19a: “Que o Pai faça Cristo habitar no coração de vocês pela fé. Enraizados e alicerçados no Amor, vocês se tornarão capazes de compreender, com todos os cristãos, qual é a largura e o cumprimento, a altura e a profundidade, de conhecer o amor de Cristo...”.
Para sermos verdadeiros discípulos-missionários de Jesus, portanto, não podemos viver uma religião que não nos tome “da cabeça aos pés”, que não penetre nas entranhas de nosso coração e de nossa mente! Não podemos viver nossa fé superficialmente, sem que ela mexa com todo o nosso ser, nos impulsione à santidade, e se torne fundamental em nossa vida.
Neste sentido, citando S. João Paulo II, na Mensagem para o Dia Mundial de Orações pelas Vocações deste ano, o Papa Francisco diz que “viver esta ‘medida alta da vida cristã ordinária’ significa, por vezes, ir contra a corrente e implica encontrar também obstáculos, fora e dentro de nós”.
Nas coisas de Deus não é possível tratar no diminutivo, pois, como São Paulo nos ensina, precisamos crescer em todas as dimensões do Amor! Sim, o Amor! Aqui está o segredo de toda ação do cristão: saber-se fruto amado de um Deus Amor, que assumiu nossa humanidade até o ponto de abraçar a cruz. Morto, Ele destruiu a morte e, por Amor, abriu-nos as portas do Céu para consigo nos levar.
O amor é dinâmico e gera vida! O amor transforma e desacomoda! O amor revela horizontes e destrói fronteiras! O amor dá sentido à história e às nossas lutas! Ele nos incendeia para a possibilidade do Eterno e do Céu! Por isso, o cristão se torna um missionário do Amor! Sabendo-se amado, sente-se comprometido em testemunhar o amor, levá-lo a todas as pessoas!
A Palavra de Deus chama a nossa atenção para não ficarmos estagnados numa fé pueril e desligada de nossa vida. É preciso acolher a Sagrada Escritura como vontade de Deus. É o Espírito Santo quem vai nos ajudar a compreendermos as dimensões do Amor.
No testemunho de Jesus Cristo podemos encontrar indicações de como fazer este caminho para dentro do Coração de Deus. Jesus, desde cedo, está voltado para fazer a vontade do Pai. Ele é obediente e o Pai dá seu testemunho inquestionável: “Este é o meu Filho amado. Escutai-O!” (Mt 17,5). Os gestos de Jesus, desde a escolha dos Doze até a atenção que dava aos mais excluídos da sociedade, nos revelam que o Amor era a base para a edificação do seu Reino. Até no Calvário Ele revelou que seu coração era cheio de misericórdia!
Então, ser seguidor de Jesus é coisa grande, tarefa sublime, missão abençoada, pura gratuidade de Deus! Não se trata de um “agradinho” de Deus e nem de uma “bençãozinha”! A nossa resposta a tanto Amor, também não pode ser uma “respostinha” qualquer e nem um “sim-zinho” sem compromisso. Afinal de contas, como o próprio São Paulo ensina: “Vocês, portanto, já não são estrangeiros nem hóspedes, mas concidadãos do povo de Deus e membros da família de Deus!” (Ef 2,19).


Pe. Auricélio Costa – Promotor Vocacional Diocesano

RECADINHOS VOCACIONAIS - SETEMBRO


·         2º Encontrão Vocacional para meninos e adolescentes do 4º ao 8º anos escolares. Neste mesmo dia, acontecerá o 5º Encontro Vocacional Feminino, para adolescentes e jovens a partir de 12 anos. Local: Seminário Nossa Senhora de Fátima. Horário: das 8 às 16h. Colaboração: R$ 13,00. Inscrições: na hora ou pelo telefone (48)3628-0072. Ou ainda com Ir. Ingrid pelo telefone (48)3644-6119.

·         Atividades de Animação Vocacional – Neste Mês de Setembro acontecerão Missas Vocacionais em Monte Castelo (dia 06); Vila Pe. Itamar/Morrotes (dia 11); Nova Brasília (dia 13); Barracão (dia 14) e Capivari (dia 28). Encontro Paroquial de Crismandos em São Ludgero (dia 20). Encontro Paroquial de Coroinhas em Magalhães (dia 28). 12ª Peregrinação da Fé ao Santuário da Bem-aventurada Albertina (dias 20-21).

·         Encontro de Agentes de Animação Vocacional – Promovido pelo SAV-Regional, acontecerá nos dias 05 a 07 de setembro, em Rio d’Oeste. Tema: Simpósio Vocacional e Cultura Vocacional. Assessor: Pe. Valdecir Ferreira (Assessor da CNBB).


·         5ª Semana Propedêutica de Santa Catarina – de 24 a 28 de setembro, em Joinville. Nossos 07 seminaristas propedêutas estarão participando desde evento, juntamente com outros 50 jovens seminaristas de todo o Estado. No próximo ano, a maioria deles estará iniciando os estudos de Filosofia no Seminário Maior em Brusque. Desejamos que este evento lhes ajude para um melhor discernimento vocacional.

MISSAS VOCACIONAIS EM OFICINAS E MONTE CASTELO



31 de agosto de 2014. Para encerrar o Mês Vocacional, neste domingo, tivemos a oportunidade de celebrar a Santa Missa em várias comunidades. Na paróquia São José Operário de Oficinas, em Tubarão, estivemos rezando na matriz e na comunidade do Km 60. Ambas as igrejas estavam cheias de fíéis. 

Os ministros de música fizeram bem o seu papel. Os seminaristas me acompanharam e participaram da liturgia. No Km 60, esta foi a oportunidade para encontrarmo-nos com a comunidade do seminarista Jailson. 

No final da tarde estivemos rezando na matriz de Monte Castelo, Tubarão. O Grupo de Música Monte Cristo, da vizinha comunidade da Caixa, animou muito bem a celebração.  

SÃO CRISTÓVÃO – MISSA VOCACIONAL



30 de agosto de 2014. 19h. Fazia muito tempo que a gente não rezava com a comunidade de São Cristóvão, da Paróquia de Monte Castelo, Tubarão. Mas, nesta noite, tivemos a oportunidade de encontrar tantos amigos e devotos que lá vivem a sua fé. Os rapazes Célio, Yuri Castelán e companheiros animaram a Missa. 

Os seminaristas se apresentaram e ajudaram na liturgia. Foram muito bem acolhidos pelas lideranças e convidados para retornarem em outras ocasiões. Embora estivéssemos cansados do evento anterior, foi muito bom rezar com este pessoal e celebrar juntos a nossa fé cristã.

MORROTES – ENCONTRO COMARCAL DE COROINHAS




30 de agosto de 2014. 13:30h. Quase 600 coroinhas e acólitos se concentraram no Salão Paroquial de Morrotes, em Tubarão, para o Encontro Comarcal de Coroinhas deste ano. Pe. Paulo Rodrigues e o Pe. Claudemir, juntamente com o casal que coordena os coroinhas na paróquia, o Tarcísio e a Adriana, nos recepcionaram alegremente. 

O Salão estava muito bem enfeitado para o evento. As delegações foram chegando e a festa começou! Os seminaristas cuidaram da animação, auxiliados pelos músicos Igor (bateria) e Laílson (contra-baixo). Todo mundo cantou, pulou, gritou, rezou, brincou e se divertiu. Os coordenadores e pais entraram na “onda”! 

As Irmãs Natália e Rosa, do Coração de Jesus, estavam presentes. Também outros padres vieram dar o seu apoio: Édison, Eduardo Rocha, Vanderlei da Rosa, Lino e Pedro Damázio. A paróquia de Capivari apresentou uma encenação, com a ajuda dos seminaristas, sobre a minha vocação. Foi uma grande surpresa e forte emoção. Eu não sabia da homenagem. Mas, a Edilza não tem jeito! Rsrsr 

Oficinas trouxe uma bonita dança com temática vocacional, tendo à frente a Léia e a Laureci. Morrotes dirigiu a espiritualização, entronizando a imagem de sua padroeira, a Imaculada Conceição. Ao final, depois de muitas brincadeiras e dancinhas, fizemos a Renovação das Promessas do Batismo. 

O Movimento de Irmãos local ofereceu o lanche para todos nós: cachorro-quente, uma delícia! Outra grande surpresa: enquanto nos despedíamos chegou o Sr. Bispo D. João, vindo de outro compromisso. Embora ele não tenha podido conversar com os pequenos, ficamos lisonjeados com a sua presenta tão honrosa.

MISSA COM OS MEMBROS DO GOJ – OFICINAS

29 de agosto de 2014. 22:30h. Mais uma vez tive a graça de encontrar-me com a turma do GOJ (Grupo de Oração Jovem) de Oficinas, em Tubarão. Convidei todos os seminaristas a me acompanharem. 

O Célio e o seminarista Lucas Rodrigues cuidaram da animação da Missa. O Renato, coordenador do Grupo, nos acolheu. Os participantes se dispuseram em torno do altar da matriz São José. Num clima de muita concentração apresentamos o sacrifício do Senhor. Já era quase meia-noite quando concluímos a celebração.

ABRIGO DE IDOSOS – TARDE DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS



28 de agosto de 2014. 14:30h. Acompanhados da Prof. Ester, que voluntariamente leciona Português e Literatura para nossos seminaristas, já há muitos anos, nos dirigimos ao Abrigo de Idosos de Tubarão, aqui bem próximo do Seminário. Lá, participamos de um evento promovido pela ACATUL: visita e contação de histórias. 

Pudemos ajudar a servir o café da tarde aos velhinhos e alegrá-los com nossos carinhos e canções. Um voluntário, o João Thomas, contou e encenou uma linda história sobre a importância de Deus em nossas vidas. A presidenta da ACATUL, a Mirinha, agradeceu nossa participação. 

E a professora Marilene, da UNISUL, anunciou um projeto de Contação de Histórias para o qual pretende firmar parceria com nosso Seminário. Ao retornarmos para Casa, a professora Ester encaminhou trabalhos acadêmicos com os seus alunos.

VISITA À ACADEMIA TUBARONENSE DE LETRAS




26 de agosto de 2014. 14h. A ACATUL está comemorando 14 anos de existência. Nesta tarde, atendendo ao convite da Prof. Marilene, da Academia, toda a nossa comunidade foi visitar a sede da instituição, no Colégio Hercílio Luz, no centro de Tubarão. Fomos recepcionados pelas acadêmicas Adriana e Míryan. 

Houve troca de livros. Nossa comunidade recebeu alguns novos livros de escritores da ACATUL para a biblioteca da Casa. As escritoras falaram sobre o trabalho que desenvolvem e a Adriana leu uma página que ela publicou numa coletânea da Academia sobre as cheias de 1974. Dali fomos visitar um sebo de livros, o que também foi muito interessante.

LAURO MÜLLER – MISSA COM A RCC



25 de agosto de 2014. 19:30h. Foi uma “chuva de Graças” a celebração desta noite em Lauro Müller. A RCC promoveu um louvor e me convidou para presidir a Santa Missa. Meu tio Denício Araújo e sua esposa Lily dirigiram o Ministério de Música. 

A enorme matriz acolheu os muitos participantes, nesta noite fria e com um vento forte e gelado, no pé da Serra do Rio do Rastro. A acolhida da parte dos servos e da comunidade em geral foi muito calorosa. Ao chegarmos, eu e os seminaristas Gabriel, Jailson e Sadionei, percebemos uma grande movimentação na Capela do Santíssimo: os intercessores recebiam as pessoas e rezavam com elas, impondo-lhes as mãos. 

Para cântico inicial, uma surpresa pra mim; o Ministério preparou “Amor e Caridade” para que eu entrasse cantando. Fiquei emocionado. Ao final da homilia cantei “Chamado irresistível” e “Rezar por você”, no Pai Nosso. 

A Missa terminou com a bênção com o Santíssimo Sacramento. Participamos do lanche que nos ofereceram, conversamos com as pessoas, cumprimentamos o Pe. Vamor Boeger, o pároco. Retornamos bem tarde para Tubarão, cansados, mas agradecidos a Deus pelos muitos dons que recebemos!

AÇUCENA – MISSA-NOVENA DE SANTA TEREZINHA



24 de agosto de 2014. 16h. Novamente, os festeiros da padroeira me convidaram para presidir a Missa-novena. Os seminaristas Sadionei e Gustavo me acompanharam. A capelinha ficou tomada pelos devotos. 

A linda tarde favorecia à oração. Os festeiros trouxeram a imagem em procissão. O Movimento de Irmãos de Rio Bonito animou a celebração. Foi uma bênção! 

MISSAS VOCACIONAIS EM MORRO DA SANGA, LINHA MESQUITA E OFICINAS



24 de agosto de 2014. Neste domingo, tive a alegria de celebrar a Eucaristia com as comunidades de Morro da Sanga e Linha Mesquita, na Paróquia de Monte Castelo  (Tubarão). Na Sanga, a pequena comunidade rezou com muito fervor e a equipe de animação ajudou a Missa a ficar mais linda ainda! 

Na Linha Mesquita, chegamos um pouco atrasados. Mas o povo foi compreensivo. A bonita capela ficou cheia de pessoas, que cantavam e rezavam com muita fé. O Ministério de Música era muito bom, constituído de jovens e adultos. À noite, com os seminaristas, presidi a Missa na matriz São José, em Oficinas. Fizemos homenagem aos catequistas e a todos os leigos.

ESCOLA VOCACIONAL DIOCESANA É INAUGURADA


23 de agosto de 2014. 14h. Trinta e quatro pessoas se inscreveram para participar da Escola Vocacional. Eram religiosas, leigos, vocacionados, seminaristas e animadores de coroinhas. A Aula Inaugural aconteceu nesta tarde, na CEDA, em Tubarão (SC). A iniciativa é da Pastoral Vocacional. 

O Serviço de Animação Vocacional (SAV) ou Pastoral Vocacional (PV) é um “serviço” que visa possibilitar o surgimento e o acompanhamento de todas as vocações na Igreja, enfatizando aquelas de especial consagração.  

Através de vários projetos a PV procura corresponder ao convite do Bom Pastor ao ver compadecido as multidões “fatigadas e abatidas como ovelhas sem pastor”: “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao Dono da messe que mande trabalhadores para a Sua messe” (Mt 9,36-38). 

O Documento de Aparecida confirmou que a PV é responsabilidade de todo o Povo de Deus. “Inicia-se na família e continua na comunidade cristã, deve dirigir-se às crianças e especialmente aos jovens, para ajudá-los a descobrir o sentido da vida e o projeto que Deus tem para cada um, acompanhando-os em seu processo de discernimento vocacional” (DAp 314).

Programação foi cumprida com êxito.  As próximas Etapas serão agendadas na Assembléia da PV, em outubro.

13h30 – Recepção. Acolhida. Inscrição. Animação (seminaristas propedêutas).
14h00 – Apresentação. Oração (Ir. Irmgart). Objetivos da Escola (Pe. Auricélio).
14h30 – Mensagem inaugural de D. João Francisco Salm: “Ecossistema Vocacional”.
15h00 – “Questão vocacional: aprendendo com a Bíblia” (Pe. Marcelo Wiggers Buss).
16h15 – Intervalo.
16h35 – Animação.
16h45 – “Animação Vocacional Diocesana – Projetos e desafios” (Pe. Auricélio).
17h30 – Adoração Vocacional (seminaristas, na capela interna do Seminário).

18h00 – Encerramento. 

CAPELA DA CEDA – CENTENÁRIO DA ALIANÇA DE AMOR



18 de agosto de 2014. 19:30h. Hoje foi noite de gala em nosso Seminário! Para a Missa Vocacional, na capela da CEDA, vieram dezenas de missionários da Campanha da Mãe Peregrina, para celebrarem a Renovação da Aliança de Amor e o centenário da Obra de Schoenstatt. 

D. Joaninha e seu esposo, de Oficinas, promoveram este evento. Vieram missionários de várias paróquias, inclusive de Jaguaruna! D. Terezinha Motta, coordenadora Diocesana, se fez presente trazendo o símbolo do Centenário: a vela da Missão. Um altar com mais de cincoenta Capelas foi erguido ao lado do presbitério. 

Eu presidi a celebração e os seminaristas cuidaram (e muito bem!) da animação. Pe. Marcelo Buss concelebrou e dirigiu a Novena da Senhora de Fátima. Ao final, os missionários doaram aos seminaristas uma cesta de guloseimas e uma razoável quantia em dinheiro.

MISSAS NO SERTÃO DOS MENDES E NA OLARIA DO TIM



17 de agosto de 2014. 09:15h. O Pe. Carlos Henrique, pároco de Monte Castelo, Tubarão, nos convidou para fazermos duas Missas Vocacionais. 

A primeira Missa foi na comunidade de Sertão dos Mendes, no interior de Tubarão. A capela de São José foi construída no estilo antigo e é muito bonita. A comunidade compareceu para a sua páscoa semanal.

Os seminaristas ajudaram na liturgia e o jovem Eduardo Salvador cuidou dos cânticos. Rezamos com muita fé e homenageamos a Mãe de Jesus, hoje na sua festa da Assunção! 

Dali nos dirigimos à comunidade de Olaria do Tim, onde está a capela de Santa Clara. Os devotos estavam festejando a memória de sua padroeira. Havia muita gente, lotando a pequena capela. Os seminaristas me acompanharam. O Coral São Pedro, de Sertão dos Correias, animou a celebração!

MORROTES – MISSA DA ASSUNÇÃO DE MARIA



16 de agosto de 2014. 19h. Celebrar a Eucaristia sempre é uma graça especial para todo cristão. Presidir a cerimônia é uma dádiva gratuita de Deus para com o ser humano, o padre. 

Nesta noite, na matriz de Morrotes, em Tubarão, pude presidir a Missa da Festa da Assunção de Nossa Senhora. O Movimento de Irmãos de Morrotes animou a celebração. E, para surpresa de todos nós, recebemos a presença dos casais do Movimento de Irmãos da Catedral. Os seminaristas me acompanharam. Toda a cerimônia foi muito bonita e a comunidade rezou com muita devoção.