quarta-feira, 25 de setembro de 2013

ENCONTRO CATEQUÉTICO-VOCACIONAL EM HUMAITÁ DE CIMA




18 de setembro de 2013. 9h. À convite da catequista Andrea Moraes, nesta manhã, realizamos um Encontro Vocacional com os catequizandos que tinham catequese neste horário. Cerca de 30 catequizandos e suas catequistas estavam presentes e participaram vivamente. 

Os propedêutas Micael e Gustavo colaboraram nas reflexões, coordenados por mim, Pe. Auricélio. Auxiliados por um folder vocacional refletimos sobre nosso papel no mundo, conceito de vocação, tipos de vocação, valores cristãos... 

Foi feito um apelo vocacional e convite para o próximo Encontrão Vocacional em nosso Seminário diocesano (dia 05/10). Cânticos interativos, clipes religiosos e diálogos ajudaram a refletir sobre o tema. Ao final, as catequistas agradeceram a visita dos seminaristas. 

RETIRO DA CONGREGAÇÃO MARIANA EM BOM JESUS



15 de setembro de 2013. 15h. Como Diretor Espiritual da Congregação Mariana na Diocese, estive presidindo a Adoração Eucarística que encerrou o Retiro Espiritual deste ano. O evento aconteceu na capela de Bom Jesus, na paróquia de Humaitá (Tubarão, SC) e reuniu membros das Diretorias da CCMM da Federação. 

Seu Itamar Fernandes, Presidente da Congregação, estava presente. Comigo foi o seminarista Jailson, que me auxiliou na Adoração. Foi muito bom rever o pessoal abnegado da CCMM e participar deste momento de fé.

11ª PEREGRINAÇÃO DA FÉ À SÃO LUÍS – IMARUÍ



15 de setembro de 2013. 9h. Hoje é dia de Nossa Senhora da Piedade, padroeira da Catedral de Tubarão, da Diocese e da cidade de Tubarão. É também o dia de Nossa Senhora das Dores, padroeira de minha ex-paróquia de Jaguaruna. E é o Dia do Senhor! 

Neste dia aconteceu a 11ª Peregrinação da Fé ao Santuário da Bem-aventurada Albertina, em São Luís, Imaruí. O dia já amanheceu quente, ensolarado, próprio para visitar o belo lugar. Muita gente se reuniu no Santuário ao longo de todo o dia. 199 pessoas, dente elas os nossos 12 seminaristas, fizeram uma Caminhada da Fé desde Capivari de Baixo até São Luís. 

Foram 51 quilômetros desta 12ª edição. Cerca de 200 jovens criaram um roteiro alternativo, saindo da matriz de São Martinho, e caminhando 7 quilômetros. Todos os peregrinos chegaram muito satisfeitos por terem enfrentado tal empresa. O objetivo é sempre um maior crescimento espiritual. 

Às dez horas houve a Santa Missa, presidida pelo Pe. Sérgio Jeremias, Reitor do Santuário e Vice-Postulador da causa de Canonização de Albertina, e concelebrada pelos padres José Eduardo (Imbituba, caminhante e idealizador da 1ª Caminhada da Fé), Pe. Vanderlei da Rosa (atual Vigário de Imaruí) e eu, Pe. Auricélio, que idealizei a 1ª Peregrinação da Fé, quando era pároco de Imaruí. Ao final fez-se a bênçãos dos peregrinos e seus cajados. A Banda Atos II, de Capivari de Baixo, animou brilhantemente a celebração, tendo à frente o Fábio. 

Os seminaristas peregrinos estavam muito cansados, mas felizes pela realização da empreitada. Falavam maravilhas da acolhida recebida na casa do seu Adelaudio e D. Terezinha, na Barranca (Pescaria Brava); pelo pessoal de São Tomás e pelas comunidades de Aratingaúba e Forquilha (Imaruí). O Pe. Sérgio nos ofereceu o almoço no Salão de Festas. Logo em seguida, retornamos para o Seminário, onde o pessoal pôde repousar profundamente.

DIVINÉIA – ENCONTRO VOCACIONAL COM ADOLESCENTES



14 de setembro de 2013. 14h. Nesta tarde tão quente, os catequizandos e coroinhas da comunidade de Cristo Rei, na Divinéia (Imbituba, SC), se reuniram para uma Catequese Vocacional. Visto que os seminaristas estão participando da Peregrinação da Fé ao Santuário da Beata Albertina, eu e o seminarista Gustavo assumimos o compromisso de orientar este Encontro. 

Quase 100 crianças e adolescentes se fizeram presentes. Os catequistas e animadores de coroinhas também, bem como alguns pais e avós. Eu e o seminarista nos revezamos nas tarefas e a garotada participou com certo interesse. Cantamos, rezamos, brincamos, dançamos, assistimos vídeos, refletimos, conversamos... Sempre é bom semear a Palavra de Deus nestes jovens corações. 

Ao final foi oferecido lanche a todos. Eu e os catequistas tomamos um café na cozinha do Salão Paroquial, onde conversamos muito sobre os desafios e alegrias da evangelização com esta garotada. Parabéns aos catequistas e animadores de coroinhas por tanto empenho!

CÊRCO DE JERICÓ NA VILA PE. ITAMAR



13 de setembro de 2013. 20h. Desde o dia 08, domingo, está acontecendo, na capela de Santa Catarina de Senna, na Vila Pe. Itamar (Morrotes, Tubarão, SC) o primeiro Cêrco de Jericó da comunidade. A RCC local, através do Grupo Pentecostes, coordenou ou trabalhos. À frente, seu líder Cleyton. 

Nesta noite de sexta-feira, eu fui convidado para presidir a Santa Missa. A animação foi do Ministério Poder da Canção. Uma enorme tenda foi armada ao lado do Salão paroquial, visto que a capela, pequena, servia para os momentos de Adoração. No Salão, antes e após as celebrações, havia serviço de cozinha e livraria, além dos sanitários. 

Um grupo de seminaristas me acompanhou na celebração, oportunizando a que rezássemos mais ainda pelas vocações. Tudo foi organizado com muito carinho e unção. As centenas de pessoas que participaram estavam sempre atentas e bem ativas aos vários rituais da celebração. 

MORRO DA CAIXA – MISSA-NOVENA VOCACIONAL



10 de setembro de 2013. 19:30h. Nesta noite, para nossa alegria, tivemos a oportunidade de celebrar a Santa Missa com a comunidade de Nossa Sra. Aparecida, no Morro da Caixa D’Água, em Tubarão (SC). 

A comunidade está celebrando a sua padroeira e organizou uma série de Novenas com os seus membros e convidados. Eu e os seminaristas estivemos presidindo e animando a celebração. O Movimento Serra, da matriz de Oficinas, esteve presente. Foi muito bom rezarmos juntos com pessoas tão devotas. Tudo estava muito bem organizado. 

Na procissão inicial foi entronizada na capela a imagem de Nossa Senhora, no colo de uma senhora cadeirante, que recebera a imagem em sua casa. Sim, a imagem está peregrinando pelas ruas do Morro, nas famílias. A sua chegada é sempre ocasião de alegria, oração e emoção. 

Uma senhora trouxe de Aparecida, do Encontro com o Papa Francisco, várias bandeirolas plásticas usadas naquela ocasião. Nós as utilizamos na procissão de entrada; o que ficou muito bonito! Ao final, os seminaristas receberam lembranças, deixaram seus recadinhos vocacionais e cumprimentaram o povo presente.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

GRATIDÃO AOS QUE APRECIAM MÚSICA CATÓLICA



Quero agradecer todos os amigos que têm acolhido com carinho meu último CD “Cantar, sempre cantar”. É interessante como as pessoas se identificam com esta ou com aquela canção, prova de que, realmente, as canções não pertencem aos compositores e cantores, mas Àquele verdadeiro Autor. 

As minhas experiências pastorais, vivenciais e espirituais são transformadas em canções. Elas expressam o que trago em meu coração. Certamente, fico muito lisonjeado em poder ajudar alguém a rezar, a gostar mais da Palavra de Deus, a superar alguma situação, a refletir sobre sua caminhada... 

Agradeço a Deus por este dom e Lhe peço que me ilumine sempre neste ministério pela música. E também peço que Deus abençoe todos os músicos, cantores, compositores, arranjadores, profissionais... e apreciadores da música religiosa.

AÇUCENA – MISSA VOCACIONAL E NOVENA DE SANTA TEREZINHA



08 de setembro de 2013. 16h. Nesta linda tarde de domingo, a comunidade de Santa Terezinha de Açucena, em Rio Bonito (Braço do Norte - SC), realizou mais uma novena em preparação para a festa de sua padroeira. 

O pessoal do Movimento de Irmãos da matriz e o Grupo de Cantos (formado pelo Fabrício e pelo Igor, com sua namorada) coordenaram a liturgia. 

Rezamos pelas vocações e pela paz no mundo. Sim, pois ontem, dia 07, o Papa Francisco convidou os cristãos para um dia de oração e jejum pela Paz no mundo. 

PALAVRA ANUNCIADA E TESTEMUNHADA


“E o Verbo se fez carne e habitou entre nós!” (Jo 1,14). O mundo carece de testemunhas coerentes da fé cristã. Há uma fome de sinceridade no tocante ao modo como se anuncia e como se vive a fé.
Ainda estamos tocados pela recente visita do Papa Francisco ao Brasil por ocasião da Jornada Mundial da Juventude. Além de desejar ver (e tocar!) o Papa, as multidões queriam ouvi-lo. Ávida por escutar uma palavra que lhes tocasse o coração, que lhes apresentasse um norte existencial, a platéia constituída por milhões de pessoas, queria ouvir o Pontífice.
Neste mundo tão barulhento e repleto de vozes a falar e a dar razões disso e daquilo, as pessoas queriam alimentar-se com as palavras do Papa! É de se admirar a forma como as pessoas reagiam: “o Papa fala a nossa língua!”, mesmo quando ele usava o seu idioma materno, o espanhol. Percebe-se aqui que há um outro nível para “ouvir” e também para “falar”. Isto me faz lembrar aquela máxima de Jesus: “Quem tiver ouvidos para ouvir, ouça” (Mt 13,9). Eu ousaria parafraseá-Lo: “O pior surdo é o que não quer ouvir!”.
Não basta que a palavra seja lançada. Ela precisa ser acompanhada de convicção, de prática. A palavra precisa ser reflexo de uma vivência interior. Parece-me que era isso o que as pessoas viam em Francisco. Seus ensinamentos iam muito além de meras argumentações e formulações teológicas; estavam impregnadas até às entranhas pelos gestos do Papa. Gestos, silêncio, posturas, esforços, presença, olhares, acenos... como falou este Papa!
Neste mês a Igreja reflete sobre o valor da Palavra de Deus em nossa vida. É o Mês da Bíblia! Como temos acolhido esta Palavra em nossa caminhada pessoal e comunitária? Ela tem gerado vida em nós? Como temos transmitido a Palavra de Deus nos vários ambientes onde vivemos?
A cada dia que passa, a Palavra de Deus está mais ao nosso alcance: em forma de livro (brochura), de vídeo, de música... em todas as mídias! Há uma série de programas televisivos, nas emissoras de rádio e na internet que transmitem a Palavra de Deus. Mas isso tudo é muito pouco se a Palavra não for acompanhada de testemunho.
Os cristãos se alimentam da Eucaristia e da Palavra. E quando a gente acolhe a Palavra no coração, inevitavelmente ela se transformará em vida, em gestos fecundos!... Ela iluminará a vida da gente e daqueles que estiverem ao nosso derredor.
Jesus é o grande Comunicador do Pai! Ele, o único Verbo-Palavra do Pai, “se fez Homem e veio habitar entre nós”! Suas palavras eram acompanhadas de gestos coerentes com o que fora ensinado... “Faziam arder o coração” (Lc 24,32). Todos ficavam admirados diante de Jesus, até mesmo seus inimigos: “ninguém falou como este Homem!” (Jo 7,46).
Quando mais de um milhão de brasileiros saíram às ruas para manifestar sua insatisfação quanto aos rumos do nosso país, em síntese, estavam denunciando a incongruência entre o discurso e a prática dos nossos mandatários. Nós, pessoas de fé, precisamos refletir sobre o nosso testemunho cristão. Para o discípulo missionário não basta somente professar a fé com palavras. É preciso comprometimento; é necessário adesão até o mais íntimo do ser ao projeto de Jesus!
“Que arda como brasa tua Palavra. Nos renove esta chama que a boca proclama!” (cf Is 6,6-7).


Pe. Auricélio Costa – Promotor Vocacional

RECADINHOS VOCACIONAIS - AGOSTO



·         “Um dia no Seminário!” O próximo ENCONTRÃO VOCACIONAL, no Seminário de Tubarão, será dia 05 de outubro. Poderão participar crianças e adolescentes a partir da 4ª série do Ensino Fundamental. Taxinha: R$ 13,00. Início às 8h; término às 16h. Confirmar presença: 3628-0072 ou peauricelio@yahoo.com.br  Que tal fazermos um esforço especial para divulgar este convite!? Organize a sua galerinha!

·         Os ENCONTROS COMARCAIS DE COROINHAS em Cabeçuda (dia 17/08) e em Treze de Maio (dia 18/08) foram muito animados e participativos! Parabéns a todas as paróquias! Os próximos serão em Rio Fortuna (dia 1º/09) e em Humaitá (09/11), ambos às 13:30h.

·         MISSAS VOCACIONAIS: Morro da Caixa, Oficinas (dia 10); Vila Pe. Itamar, Morrotes (dia 13); Matriz e Arroio, N. Brasília e Fábio Silva, Oficinas (dia 22).

·         ENCONTROS DE ANIMAÇÃO VOCACIONAL: visita da Intermediária de Humaitá ao Seminário (dia 14); Encontro com Catequizandos e Coroinhas na Divinéia, Imbituba (dia 14); Encontro da Congregação Mariana em Bom Jesus, Humaitá (dia 15); Catequese Vocacional em Humaitá de Cima (dia 18); Encontro com Movimento de Irmãos, S. Ludgero (dia 18); Encontros Paroquiais de Crismandos em Grão-Pará e em S. Ludgero (dia 21).


·         4ª SEMANA PROPEDÊUTICA CATARINENSE em Azambuja (Brusque), promovida pela OSIB. Os dois seminaristas propedêutas de nossa Diocese, Gustavo e Micael, estarão presentes.

RIO FORTUNA – 12º ENCONTRO COMARCAL DE COROINHAS



01 de setembro de 2013. 13h. O Encontro aconteceu no Salão de Festas da Paróquia São Marcos, em Rio Fortuna. O domingo estava muito agradável e, já pela manhã, havíamos participado da Primeira Missa do neosacerdote Pe. Rafael Uliano, em Braço do Norte. 

No horário previsto, as delegações foram chegando. Estiveram presentes cerca de 550 coroinhas e seus animadores! Apenas Orleans não compareceu (pelo segundo ano consecutivo), deixando uma lacuna aberta na linda história da animação vocacional em nossa Comarca. Fomos recepcionados por coroinhas e animadores de Rio Fortuna; que, já na chegada, nos ofereceram um oportuno lanche com biscoitos e suco. 

O som já estava instalado. O Grupo Sopro Divino, de Braço do Norte, abrilhantou muito bem, com canções interativas. As paróquias apresentaram seus Gritos de Paz! A Espiritualização foi feita por S. Ludgero, entronizando a Bíblia e a imagem de S. Tarcísio. 

Cada paróquia trouxe uma apresentação artística com temas religiosos: V. do Cedro (Jogral sobre a Missão dos Coroinhas), R. Fortuna (encenação sobre o Chamado dos Apóstolos), Armazém (coreografia a partir de uma canção), S. Ludgero (encenação sobre a Vocação de Zaqueu), B. do Norte (encenação Entrevistando a Bíblia), S. Martinho (coreografia), R. Bonito (canto e coreografia “Anjos de Deus”) e Grão-Pará (canto e coreografia “Vou Evangelizar”). 

Tivemos vários depoimentos: Pe. Pedrinho G., Pe. Marcelo, Pe. Cornélio, Frater Paulo Henrique, Pe. José Livinos, Ir. Inez Henkemeier, Ir. Cleia Fuck (que veio trazida pelo candidato ao Diaconado Simão; e que fez uma grande motivação vocacional). Não houve tempo para fazer uma mini-gincana, embora os seminaristas estivessem preparados. O Michel May, de Rio Bonito, ajudou-me na animação de uma parte do Encontro. Os seminaristas diocesanos animaram as canções com gestos. Usamos bastante o slogan “Chamado para a Messe do Senhor, coroinha eu sou!”. 

O Encontro terminou às 16:15h, com a palavra do Pe. Pedrinho, o pároco. Temos muito a agradecer aos padres Pedrinho e Marcelo que incentivaram suas lideranças para acolherem este evento de animação vocacional. O lanche e uma bela lembrancinha de S. Tarcísio foram oferecidos pela Paróquia anfitriã.

PE. RAFAEL ULIANO – NOVO PRESBÍTERO DE NOSSA IGREJA



30 de agosto de 2013. 15h. O dia foi propício para este tipo de celebração, para a qual afluíram centenas de pessoas. O clima mais quente que frio, depois de alguns dias com temperatura muito baixa, recordou-nos que o inverno já está expirando. 

A bela matriz do Senhor do Bom-fim, em Braço do Norte, foi o palco de mais uma Ordenação Presbiteral neste ano. Dirigido pelo ex-seminarista Jairo, o côro abrilhantou a celebração. 

D. João Francisco teve como concelebrantes, além de dezenas de padres, o nosso Bispo Emérito D. Hilário Moser. Essa presença trouxe grande alegria para todos, especialmente para os seminaristas mais jovens que puderam conviver com ele. E ele os presenteou com doces, como costumava fazer nos tempos em que governou nossa Diocese. Aliás, o nosso atual Bispo também presenteou os seminaristas: foi no final da celebração, quando os chamou diante da assembléia e lhes doou uma cruz da JMJ cada um. 

A alegria do neosacerdote contagiou a todos. Oxalá muitos outros jovens sintam o chamado divino para uma vida de especial consagração. Continuemos a rezar pelas vocações presbiterais. E que Deus conserve o Pe. Rafael Uliano no lindo e essencial ministério do Reino.

PASSAGEM – MISSA VOCACIONAL E ENCERRAMENTO DA NOVENA



29 de agosto de 2013. 19h. A novena de Santa Terezinha do Menino Jesus, que é realizada devotamente toda quinta-feira na matriz da Passagem, em Tubarão, chegou ao fim nesta noite. Durante a Missa Vocacional, que eu presidi, fizemos a última novena. 

Mas, na próxima semana, sob a direção do pároco, Pe. Édison, começará uma nova Novena pedindo a intercessão da Santa. 

Os seminaristas me acompanharam e participaram da celebração. Estávamos em comunhão com todo o presbitério diocesano que está realizando o seu Retiro Espiritual anual em Florianópolis, no Recanto Chanpagnat. 

Foi uma bela ocasião para celebrarmos o encerramento do mês vocacional com a minha comunidade, onde cresci social e espiritualmente.