quinta-feira, 29 de agosto de 2013

ENCERRAMENTO DO MÊS VOCACIONAL EM OFICINAS



25 de agosto de 2013. 19:30h. Para encerrar o Mês Vocacional, nesta noite, na matriz São José Operário, em Oficinas (Tubarão), aconteceu a Missa Vocacional. O SAV, juntamente com a catequese, preparou a liturgia da celebração. O Grupo Luz cuidou da animação. 

Celebramos a vocação dos leigos e leigas e sua importância na missão universal da Igreja de Jesus. Destacamos o serviço de animação Vocacional e o trabalho dos catequistas, como instrumentos de evangelização. 

Os seminaristas presentes deram um sinal a mais no teor vocacional. Chovia muito sobre a Cidade Azul, mas, mesmo assim, muita gente veio celebrar sua fé. A Rádio Tubá transmitiu a celebração. 

2º ESTÁGIO VOCACIONAL – TUBARÃO



24 e 25 de agosto de 2013. Depois de alguns dias de calor, a temperatura caiu vertiginosamente acompanhada de chuva incessante. Nossos seminaristas deixaram a Casa pronta para receber os estagiários. E eles foram chegando já nas vésperas. 

No sábado, 24, pela manhã, os jovens foram acolhidos calorosamente pelos seminaristas. Num clima de muita alegria eu apresentei a agenda do Estágio. 

Pe. Pedro, nosso Reitor, lhes deixou uma bela mensagem vocacional. Também o Sr. Bispo D. João Francisco esteve presente e falou aos presentes. Vinte jovens aceitaram o convite e participaram do Estágio. Vieram de dez paróquias. 

Ficamos muito felizes em poder realizar este evento. Além dos momentos de reflexão e motivação vocacional, houve muita descontração, inclusive com “dancinhas”, gincana e esportes. 

Aconteceram fortes momentos de oração: Missas, Adoração... Também houve um encontro pessoal com cada participante e os formadores. Percebemos que muitos estão já motivados para ingressar no Seminário no próximo ano. 

Ao final, após a Avaliação, nos despedimos com muita música, brincadeiras e o café da tarde. O próximo Estágio será dias 30 de novembro e 1º de dezembro. 

JORNADA VOCACIONAL EM VILA NOVA

21 de agosto de 2013. 19:30h. Em preparação da Paróquia de Braço do Norte para a Ordenação Presbiteral do Diácono Rafael Uliano, nesta noite, em Vila Nova, aconteceu uma celebração vocacional. 

Um grupo de seminaristas me acompanhou. A comunidade encheu a “capela”, numa sala contígua do Ginásio de Esportes local. E ficou muito contente com nossas presenças. 

A Ordenação de um filho da terra é sempre algo muito importante, ocasião para muita ação de graças. A animação foi feita por um grupo de adolescentes da comunidade. 

Terminada a Santa Missa, fomos até à residência dos pais do Diácono e vivemos agradável momento de confraternização. (Foto: comunidade Olaria do Tim, Tubarão)

terça-feira, 20 de agosto de 2013

TREZE DE MAIO - 6º ENCONTRO COMARCAL DE COROINHAS





18 de agosto de 2013. 13h. Temos muito que agradecer a Deus! Nesta tarde, em Treze de Maio, aconteceu mais um lindo Encontro Comarcal de Coroinhas! 

Todas as cinco paróquias da região de Jaguaruna enviaram delegações de coroinhas! O Salão Paroquial da matriz São José estava todo enfeitado para acolher os participantes. 

Os seminaristas cuidaram da animação; e isto eles sabem fazer muito bem! Eu coordenei os trabalhos de palco, cuidando para que a programação fosse seguida. As delegações paroquiais desfilaram com seus símbolos paroquiais. Foi assim a abertura do evento. 

Os padres presenetes deixaram seus recadinhos vocacionais: Pe. Vanderlei Tezza, Pe. Pedro de Oliveira, Pe. Nilo Buss, Pe. Antônio Salvador e Pe. Nivando Ceron, o pároco anfitrião. 

Os seminaristas Daniel C., Matheus e Lucas C. organizaram brincadeiras e uma mini-gincana bíblica. Todo o pessoal se divertiu muito! Os “gritos de Paz” foram muito criativos, bem como as apresentações artísticas das paróquias. É sempre muito bom ver os coroinhas felizes por poderem ajudar na Igreja, assumindo o seu papel de colaborador do padre! 

Cada paróquia trouxe um jovem que esteve na JMJ para partilhar suas experiências. Foi muito enriquecedor! 

Ao final, os coordenadores paroquiais receberam os troféus de participação em meio a muita festa. E todos se dirigiram para o interior da matriz, onde houve a Oração de encerramento. 

A paróquia, mui gentilmente, ofereceu um delicioso lanche a todos os participantes. 

Terminado o Encontro, fomos até o castelo do Pe. Nivaldo onde ele e seu pai, mais o Pe. Salvador, nos receberam com muito alegria. Dalí nós partimos à comunidade de Santa Cruz, no interior do município, visitar a família do seminarista Matheus. Fomos muito bem acolhidos pelos pais e avós do jovem vocacionado!

TUBARÃO - ENCONTRO DO APOSTOLADO DA MÃE PEREGRINA




18 de agosto de 2013. 9h. A matriz Santa Terezinha do Menino Jesus, na Passagem, em Tubarão (SC), foi palco o Encontro Comarcal do Apostolado da Mãe Peregrina neste domingo! Centenas de missionários da Campanha estiveram presentes. 

A Ir. Rosequiel, de Florianópolis, coordenou o evento. D. Saletinha, atual coordenadora paroquial do Apostolado, na Passagem conseguiu envolver muita gente para preparar tão bem o local. Meus irmãos Aurélio e Renato, com suas esposas Rosângela e Fátima, abrilhantaram o Encontro. Coube a mim fazer uma reflexão sobre o “Ano da Fé e a Campanha”. 

Ao final da conversa, pedi a ex-seminarista Fernando Machado para cantar uma linda canção de Nossa Senhora; o que veio a calhar muito bem. O encerramento do Encontro deu-se à tarde, com a Santa Missa. Os missionários voltaram para suas paróquias mais animados nesta caminhada de preparação do Centenário da Obra de Schöenstatt, que dar-se-á no próximo ano!

CABEÇUDA - 5º ENCONTRO COMARCAL DE COROINHAS


17 de agosto de 2013. 13h. Para celebrar o mês Vocacional e a memória de São Tarcísio (padroeiro dos Coroinhas e Acólitos), neste sábado, em Cabeçuda, Laguna, aconteceu o Encontro anual dos Coroinhas da Comarca de Laguna. 

Vieram cerca de 450 crianças e adolescentes das paróquias de Imbituba, Nova Brasília, Magalhães, Laguna, Imaruí e Cabeçuda. Pe. Bantu Mendonça, Administrador Paroquial de Cabeçuda, estava exultante de alegria por poder acolher tão expressivo número de “pequenos servidores do Senhor”. 

As lideranças locais apoiaram o evento. Os animadores paroquiais e comunitários de coroinhas organizaram o transporte dos pequenos. O Salão Paroquial São Pedro estava todo enfeitado. A sonorização foi muito boa. 

Os seminaristas cuidaram da animação; e o fizeram muito bem. Tiveram o auxílio do professor Fernando (no violão e voz) e do colega Igor (na bateria eletrônica). As paróquias de Laguna e Magalhães fizeram a espiritualização inicial. 

Pe. Bantu e os coordenadores paroquiais dos Coroinhas de Cabeçuda, João Victor e Maria Luiza, deram as boas-vindas a todos. Cada delegação foi festivamente apresentada e acolhida no salão. Cada paróquia deu o seu “grito de Paz”. Foi muito divertido! 

As apresentações artísticas com mensagens religiosas foram muito bonitas: teve teatro e música. Os seminaristas organizaram brincadeiras que envolveram toda a galerinha. Ao final, após a oração, todos foram recepcionados no antigo Salão Paroquial onde se ofertou um delicioso cachorro-quente e lembrancinhas de S. Tarcísio. 

O Pe. Bantu também convidou todos os participantes para a Missa da Criançada, no final da tarde, na matriz S. Pedro Apóstolo. Muita gente acatou o convite. Eu e os seminaristas participamos da festiva celebração.

SÃO CRISTÓVÃO – MISSA NO TRÍDUO DE ORAÇÕES PELA FAMÍLIA



16 de agosto de 2013. 19:30h. As lideranças da comunidade de S. Cristóvão, em Tubarão (SC), organizaram um Tríduo de Orações pela Família, dentro da celebração da Semana da Família. 

D. Graça me convidou para presidir a Missa desta noite. Comigo foi um grupo de seminaristas. A Banda Novo Millenium, do Valter Nogaredo, animou muito bem a celebração. A capela não ficou lotada, mas os fieis presentes rezaram com muita devoção. 

Sempre é bom rezar; e pelas famílias, então, é muito importante. Temos sempre muito a agradecer a Deus e, evidentemente, a Lhe pedir também! Nossas famílias são sempre bombardeadas e ameaçadas. Precisam de oração, de que estejamos vigilantes. 

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

SEMANA DA FAMÍLIA EM HUMAITÁ DE CIMA



14 de agosto de 2013. 19:30h. Dentro da programação da Semana da Família, nesta noite, eu e um grupo de seminaristas estivemos rezando com a comunidade de São Francisco de Assis, em Humaitá de Cima. 

Mesmo com chuva e frio intenso, muitas pessoas vieram participar da celebração. O Grupo Poder da Canção animou a Santa Missa. Um grupo de cinco formandas em Ciências Biológicas, da UNISUL, veio agradecer a conclusão dos estudos. 

É sempre muito bom rezar com esta comunidade fervorosa e tão rica de lideranças. Terminada a oração, fomos recepcionados na ante-sacristia da capela. E pudemos conversar bastante com a boa gente do lugar.

SEMINARISTAS RECEPCIONAM BISPOS E PADRE DE GUINÉ-BISSAU



13  de agosto de 2013. 11:30h. Após um encontros de partilha missionária na CEDA, D. Pedro Zille, D. José Lampra Cá e Pe. Mário da Silva, ambos da Igreja de Guiné-Bissau, na África Ocidental, vieram visitar nosso Seminário. Eu e os seminaristas os recepcionamos. Pe. Eduardo também os acompanhava, visto que estão hospedados em sua paróquia. 

Ficamos muito felizes em acolhê-los. Eles deixaram mensagens de incentivo aos vocacionados. E ouviram a cantiga “Bu tchoman”, em “criol”, língua guineense, cantada pelos seminaristas. A visita foi muito edificante para todos e nos causou grande alegria!

BISPOS DE GUINÉ-BISSAU VISITAM NOSSA DIOCESE



13 de agosto de 2013. 9h. Durante pouco mais de duas horas, treze padres, dois seminaristas propedêutas e uma delegação de Guiné-Bissau sentaram para dialogar sobre a realidade missionária naquele país africano. 

O Encontro aconteceu na CEDA, em Tubarão. D. Pedro Zilli, Bispo de Bafatá (e primeiro Bispo brasileiro enviado como missionário para um outro país), D. José Lampra Cá, Bispo Auxiliar de Bissau, e Pe. Mário da Silva (guineenses) partilharam sobre a realidade eclesial e social de seu país. 

A Igreja guineense busca parcerias no Brasil com Universidades de Minas Gerais, com a Arquidiocese de Florianópolis e com a Diocese de Tubarão. Florianópolis já enviou um padre (Pe. Lúcio) para assumir uma paróquia naquele país e colabora com alguns projetos sociais, especialmente através da Comunidade Divino Oleiro e do Instituto Wilson Grohw. 

Agora nossa Diocese recebeu uma solicitação concreta dos Bispos para que também assuma uma Paróquia numa daquelas Dioceses, enviando um padre por pelo menos seis anos. Com o tempo, leigos também poderiam participar do Projeto Missionário. 

“Estamos abertos a todas as parcerias, tanto na evangelização, quanto nas áreas de desenvolvimento social. Sentimos uma grande abertura da Igreja do Brasil para esta nossa realidade. Precisamos ajudar nosso povo a viver mais dignamente e a fazer um encontro com Jesus Cristo." 

"Vivemos sérios problemas advindos da instabilidade político-militar, que compromete nosso desenvolvimento, nossa segurança e nosso trabalho de evangelização também. Diante disto, o quê fazer? Não podemos ficar parados, esperando. Pois somos co-responsáveis pelo destino dos outros irmãos. Não temos direito de sermos felizes sozinhos."

"A primeira forma de colaborar para uma transformação é evangelizar. Mas há paróquias sem padres e tantas atividades que precisam ser implementadas. Temos um clero novo: cerca de 50 padres nativos e algumas religiosas, além dos missionários. Cerca de 15% da população é cristã. 40 % é muçulmana. O país possui uma população de 1 milhão e meio de pessoas; destas, um milhão vive em Bissau. Daí advém uma série de desafios."

"Precisamos de padres; pode ser no estilo “fidei donum” (por um certo tempo). Lá podemos dizer 'os trabalhadores da messe são poucos'. Sinto que este nosso encontro aqui hoje é também uma oração ao Senhor. Precisamos anunciar Jesus na Guiné, pois quando Ele entra no coração, provoca verdadeiras transformações."

"Temos atuado também no campo da Educação, embora não queiramos substituir o Estado. Mas sabemos que a verdadeira democracia depende de escolas, pois as escolhas certas exigem que se tenha conhecimento."

"Nós não somos um país maldito, onde nada funciona. Cremos que o país é viável e que é querido por Deus. Nossa presença é quase uma intervenção profética para erguer a autoestima do guineense."

"O campo da saúde também apresenta muitos desafios. Em Bissau, além de outras iniciativas, temos um pequeno Hospital Pediátrico e contamos com a ajuda esporádica de médicos italianos."

"Vossa Diocese é muito bem-vinda em nossas Dioceses de Guiné-Bissau!"


D. João Francisco, nosso Bispo, não pôde estar presente porque está fazendo um Curso em São Paulo. E manifestou sua justificativa e seus votos de boas-vindas aos bispos. 

Após o encontro, os Bispos e padre guineenses visitaram o nosso Seminário Diocesano.

RIO DAS FURNAS – MISSA VOCACIONAL


11 de agosto de 2013. 9:30h. Pela primeira vez tive a oportunidade rezar com os irmãos de Rio das Furnas. A comunidade pertence à Paróquia de Braço do Norte. 

Eu e o Diácono Rafael fomos muito bem acolhidos pelos cristãos que lá vivem. Durante a homilia cantei “Ele olha para ti”. 

Ao final da celebração lancei o convite vocacional para o próximo Estágio em nosso Seminário (24 e 25 de agosto). Fizemos uma homenagem aos jovens e cantamos “Parabéns” aos pais. As lideranças fizeram homenagem ao Diácono pela aproximação de sua Ordenação. 

BRAÇO DO NORTE – CELEBRAÇÕES VOCACIONAIS



11 de agosto de 2013. A paróquia de Braço do Norte sempre foi considerada um celeiro de vocações presbiterais. Neste ano, em abriu, a linda matriz do Senhor do Bom-fim foi o local da Ordenação Presbiteral do neo-sacerdote Marcelo Buss. 

Agora estamos preparando a Ordenação Presbiteral do Rafael. Duas celebrações marcaram este domingo. Às 8h, acompanhado do Diácono, eu presidi a Missa Vocacional, abrindo a Semana da Família. A animação coube ao Coral Santa Cecília, da matriz. 

À noite, também tivemos Missa na comunidade. Desta vez, a animação coube ao Ministério de Música da RCC local. Em ambas as celebrações, houve grande afluência de pessoas. Celebramos a oferenda do Dízimo e fizemos homenagem pela passagem do Dia dos Pais. 

O Diácono Rafael reforçou o Convite para a sua Ordenação e agradeceu o apoio que sempre tem recebido desta sua comunidade. Também não se esqueceu de fazer o apelo vocacional para que outros jovens acolham o chamado vocacional em suas vidas.

JORNADA VOCACIONAL EM BRAÇO DO NORTE



10 de agosto de 2013. 19h. Nesta noite reiniciamos as atividades de preparação da Ordenação Presbiteral do Diácono Rafael Uliano. Era festa de São Lourenço, padroeiro do Diáconos!

A Missa Vocacional aconteceu na matriz Senhor do Bom-fim, em Braço do Norte. A Ir. Edilsa Fuck e os seminaristas Lucas Cardozo e Marcionei Silva nos acompanharam. 

O Diácono Rafael partilhou com a comunidade sua caminhada vocacional e seus sentimentos agora que se aproxima o dia de sua Ordenação. Percebemos como a comunidade está entusiasmada com mais esta celebração tão especial. Ao final, houve uma singela homenagem aos pais por ocasião do Dia dos Pais.

PESCARIA BRAVA – FESTA DO SENHOR BOM JESUS



09 de agosto de 2013. 20h. Chovia muito e fazia muito frio nesta noite em toda a região. Estive rezando com a comunidade de Pescaria Brava que celebra sua devoção ao Senhor Bom Jesus e à Nossa Senhora das Dores (mas a imagem que é levada em procissão é a da Senhora de Fátima, pois a Virgem Das Dores é tombada). 

A animação foi coordenada pelo Coral São Sebastião de Estiva, da Paróquia de Capivari de Baixo, tendo à frente o nosso amigo Professor Vanderlei. 

Celebramos com muita fé e nos alimentamos com os pães sagrados da Palavra e da Eucaristia. Não obstante as dificuldades climáticas, muita gente veio participar desta missa-novena.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

CELEBRAÇÃO DO DIA DO PADRE NA TERRA DE ALBERTINA



05 de agosto de 2013. 9h. Os presbitérios das dioceses de Criciúma e Tubarão celebraram conjuntamente a passagem do Dia do Padre em São Luis, no Santuário de Albertina. A motivação que levou a escolha do lugar, segundo o Pe. Aires, da Pastoral Presbiteral de Criciúma, foi o fato de estarmos em Ano da Juventude, e fazermo-nos peregrinos ao lugar onde viveu e testemunhou a fé a jovem mártir Albertina.

Após a calorosa recepção da comunidade local, sob a coordenação do Pe. Sérgio Jeremias, o reitor, houve a Santa Missa presidida por D. João Francisco, nosso Bispo. Foi um momento muito bonito e significativo. As palavras do Papa Francisco ecoaram na homilia do Bispo.

O almoço foi uma cortesia da Diocese de Criciúma no Flus Haus, em Vargem do Cedro. Um espetáculo! Além do ótimo cardápio, tivemos a alegria de reencontrar companheiros dos dois presbitérios!

BARRACÃO – ORLEANS – FESTA DAS VOCAÇÕES

04 de agosto de 2013. 10h. Há anos que o Sr. Leonor Bianco promove a Festa das Vocações em sua comunidade de Barracão, no pé da serra, interior de Orleans. 

A pequena vila já gerou vários sacerdotes e religiosas. E reza muito para que novas vocações possam surgir ali. 

Nesta manhã a Missa aconteceu bem no Dia do Padre. Eu presidi a celebração com muita alegria. O Grupo de Cantores local abrilhantou a santa Missa. Eu cantei “Ele olha para ti”. Distribui a Oração Vocacional. 

Os cinco jovens da comunidade que participaram da JMJ puderam partilhar suas experiências muito ricas com a comunidade. Todos ficaram muito contentes com os testemunhos! 

BRAÇO DO NORTE – MISSA COM O DIÁCONO RAFAEL

04 de agosto de 2013. 8h. Neste domingo a Igreja celebra o Dia do Senhor e abertura do Mês Vocacional este primeiro domingo é dedicado às reflexões sobre os ministérios Ordenados. 

Como hoje também é dia de São João Vianney, comemorados o Dia do Padre. Eu presidi a Missa na matriz do Senhor do Bonfim, em Braço do Norte, acompanhado do Diácono Rafael Uliano. Ele será ordenado presbítero no final de mês, nesta mesma igreja! 

Após uma breve reflexão, o Diácono partilhou com a comunidade sua trajetória vocacional. A comunidade está muito feliz em poder entregar mais um filho ao serviço do altar. 

Terminada a celebração, a Jornada Vocacional continuou em São José, comunidade de Braço do Norte. Lá houve Missa Vocacional presidida pelo Pe. Pedro De Biasi, do Seminário de Tubarão, concelebrada pelo Diácono.

COMARCAS REALIZAM REUNIÕES DA PASTORAL VOCACIONAL



03 e 04 de agosto de 2013. No sábado, 3, pela manhã, aconteceu a reunião da PV da comarca de Tubarão. Foi no CEAC, Catedral. Representantes de 05 paróquias estiveram presentes. 

Além de refletirmos sobre o Mês Vocacional, avaliamos a Semana do Seminarista, a presença nos Almoços dominicais no Seminário e encaminhamos o próximo Encontro Comarcal de Coroinhas. 

À tarde, a reunião foi da Comarca de Braço do Norte. A reunião aconteceu em S. Ludgero. 22 pessoas estiveram presentes, representando 07 paróquias. 

Sentimos muito a necessidade de organizarmos Equipes Vocacionais Paroquiais e Grupos Vocacionais com adolescentes e jovens. Padres, irmãs e leigos partilhamos nossas motivações vocacionais.


No domingo, 4, à tarde, houve reunião da PV em Pedras Grandes. Além dos representantes desta paróquia, acolhemos os participantes de Jaguaruna. Refletimos sobre a repercussão da JMJ e sobre o Mês Vocacional. E celebramos o Dia do Padre, hoje! 

Gostaríamos que todas as paróquias da Diocese tivessem a sua PV ou SAV. Mas notamos que onde o trabalho está articulado, há uma grande motivação vocacional.  

GUAIÚBA – IMBITUBA – FESTA DE SÃO BOM JESUS DE IGUAPE

02 de agosto de 2013. 19:30h. Foi muito bom celebrar a Santa Missa, nesta noite, com a comunidade de São José da Guaiúba, em Imbituba/SC. Era abertura da Festa de São Bom Jesus e do Coração de Jesus. 

O Grupo de Cantos da comunidade animou brilhantemente a celebração, emocionando a todos com propícias canções. Ainda dentro do clima da JMJ e iniciando o mês vocacional, a comunidade celebrou com fervor. 

Terminada a celebração, participei do lanche que nos ofereceram e conversamos demoradamente sobre os temas da vida.

VAI E FAZE O MESMO!


A chegada do Papa Francisco em nossa pátria foi qualquer coisa de maravilhoso! Gestos e palavras, olhares e sorrisos, acolhimento e recolhimento... tudo no Papa mexia conosco! Os jovens da JMJ e a imprensa sempre tinham muito que falar a cerca deste Pastor.
Impressionou-me, sobremaneira, alguém contar um episódio de Bergóglio: na sua Buenos Aires, certa mãe o procurou para reclamar que seu filho não queria mais freqüentar a igreja. O então cardeal lhe teria questionado: “Mas o seu filho está envolvido com droga ou com outra forma de criminalidade?”. Quando a aflita senhora lhe disse que o filho era um bom moço, que tratava bem todas as pessoas..., o futuro Papa lhe teria dito: “Calma, minha senhora. Agradeça a Deus pelo filho que tem e espere; na hora certa Deus tocará o coração dele!”.
Tudo tem o seu momento certo. A Palavra diz: “Há um tempo para tudo debaixo do céu” (Ecle 3,1-8). Vem-me à mente um outro episódio do Evangelho. Jesus conta a parábola do Bom Samaritano para um homem que queria saber sobre como conquistar o céu. O modelo que Jesus lhe apresenta é o de um estrangeiro, samaritano (na época considerado um desclassificado pelo povo judeu), que se envolve totalmente para ajudar um “alguém” que foi assaltado e ferido, deixado ao largo, na beira da estrada. O desfecho da cena é dito por Jesus: “Vai e faze o mesmo!” (Lc 10,37).
Fazer o bem ao próximo é mandamento do Senhor. Jesus mesmo “passou a vida toda fazendo o bem” (Mc 7,37; At 10,38b). Nosso testemunho de fé é que pode abrir a porta do coração de alguém para que descubra Aquele que manda em nossa vida. Nossas palavras podem ajudar uma pessoa a conhecer melhor o Deus de nossa fé; nossas canções religiosas também são instrumentos para atrair alguém para Jesus; mas será a vivência de tudo o que falamos e cantamos que irá convencer alguém a se aproximar de Cristo e de Sua Igreja.
Nós, que nos sentimos unidos à Cristo no seio da comunidade eclesial, sabemos quão imperfeitos somos, especialmente na vivência da caridade. Conhecemos pessoas que não têm a assiduidade que nós temos, mas que possuem uma sensibilidade extraordinária para ajudar os outros, para ser voluntários, para se engajar em instituições filantrópicas!... Graças a Deus, tanta gente faz o bem onde quer que se encontre. E não é esta a essência de nossa religião, de nossa fé? Não é este o segredo do Cristianismo?
Quando o Papa Francisco, logo em seu primeiro discurso no Brasil, pedia licença para entrar em nosso coração – pois sabia que para chegar aos brasileiros deveria ser pela porta do coração! – logo me lembrei do jeito de Jesus! Era assim mesmo que Ele fazia: olhava fundo, por traz dos olhos, na alma! Era um olhar de amor! Do Deus Amor!
Toda a Igreja é chamada a testemunhar o Amor de Deus: não só através do discurso, da catequese, das canções, dos rituais... sobretudo através do testemunho diário! Que linda vocação: chamados para testemunhar o amor! Casados ou solteiros, religiosos ou presbíteros, homens ou mulheres, em todas as estações da vida: o Senhor nos chama, nos aponta o caminho, nos envia em missão e permanece conosco! “Ide e fazei discípulos entre todas as nações!” (Mt 28,19). E mais: “Eu estarei convosco até os confins do mundo!” (v.20).
A Jornada Mundial da Juventude foi um presente de Deus para nós! A presença de Francisco entre nós foi mais um desses “exageros” de Deus para nos recordar a importância da vivência do amor: “Vai e faze o mesmo!”. Com uma exortação: “Mas não façam como os fariseus” (Mt 23,3). Diante de apelos tão eloqüentes, qual será a nossa resposta?


Pe. Auricélio Costa – Promotor Vocacional