8ª ROMARIA VOCACIONAL DIOCESANA AO SANTUÁRIO DE ALBERTINA



02 de junho de 2013. Hoje foi um dia de Festa em São Luís, comunidade da Paróquia de São Sebastião, de Vargem do Cedro, no município de Imaruí. Além de ser o Dia do Senhor, domingo, aconteceu a 8ª Romaria Vocacional da Diocese de Tubarão e a Festa da Beata Albertina. Não obstante as adversidades (chuva no dia anterior, frio, feriadão e, talvez, o fato de muitos fiéis ainda não terem recebido o pagamento), muita gente compareceu ao Santuário e participou das várias atividades que aconteceram ao longo do dia.

Antes da celebração festiva, às 9:40h, o jovem Diácono Rafael Uliano deu o seu testemunho de fé. Partilhou com a comunidade o seu itinerário vocacional e como está respondendo ao chamado de Deus em sua vida. Em seguida celebramos a Santa Missa. D. João Francisco Salm a presidiu, ladeado pelos padres Sérgio Jeremias de Souza (Reitor do Santuário), Vanderlei da Rosa (Vigário de Imaruí), este Promotor Vocacional e o Diácono Rafael.

Os seminaristas do Seminário Menor auxiliaram nas funções litúrgicas. Membros de várias Equipes Vocacionais também participaram com leituras e preces. A Banda Discípulos, do KM 60 (Paróquia de Oficinas, Tubarão) animou a celebração, coordenado pelo Fabrício. D. Maria Verônica Berkenbrock, irmã da Beata Albertina e moradora de Vargem do Cedro, estava presente. Há pouco mais de um mês faleceu um dos irmãos da Bem-aventurada, Vendolino (aquele que encontrou o corpo martirizado da Beata no fatídico 15 de junho de 1931). Os restaurantes da comunidade abrigaram os fiéis para o almoço. Eu e os seminaristas almoçamos no Salão de Festas da vila, acompanhados do Sr. Bispo, os padres e grande número de fiéis.

Às 13:30h, no Santuário, iniciamos um momento mariano. Os seminaristas cuidaram da animação. Ouvimos os depoimentos da Ir. Bertilda (das Irmãs Franciscanas de São José, de Vargem do Cedro), dos seminaristas Lucas Rodrigues (sobre a JMJ), Micael (sobre a vida no Seminário), Sadionei (sobre o seu despertar vocacional). Uma senhora de Tubarão deu o seu depoimento sobre três graças que alcançou pela intercessão de Albertina e fizemos uma homenagem à Beata cantando o hino oficial. Um Grupo de Jovens de Capivari apresentou uma bonita coreografia.

Em seguida, com animação do músico Irineu Calegari, o Pe. Sérgio presidiu a Adoração Eucarística. Neste mesmo momento toda a Igreja Católica estava em comunhão com o Santo Padre Francisco, em Adoração. A iniciativa foi de Bento XVI, dentro da dinâmica do Ano da Fé. Ficamos muito felizes de poder estar comungando nossa catolicidade.

Terminada a cerimônia, iniciamos a Santa Missa. Muitos romeiros vieram participar da celebração que eu presidi, auxiliado pelos seminaristas na liturgia e animação. Rezamos pela saúde e pelas vocações. Assim encerramos mais uma Romaria, muito gratos a Deus pela oportunidade e os consolos que nos deu. E continuamos rezando pela canonização de Albertina.

Depois das devidas despedidas e agradecimentos, fomos visitar Vargem do Cedro: a matriz e o Flus Hauss. Lá cumprimentamos D. Maria Verônica, a tal irmã de Albertina. Fizemos compras e retornamos para Tubarão. Aqui chegamos, cansados e contentes, por volta das 19:15h.

Comentários