PAPA FRANCISCO – DO CORAÇÃO DE DEUS

(g1.globo.com)

13 de março de 2013. 16:05h. O anúncio da eleição do novo Papa, Francisco, encheu-nos de alegria e emoção. Estávamos reunidos na Sala de Vídeo, em nosso Seminário, eu e os seminaristas, mirando as imagens na televisão. Os seminaristas pulavam, gritavam e se abraçavam num clima de fraterna alegria e muita emoção. Percebi que alguns se benzeram.

Aquela manifestação juvenil tão efusiva certamente se repetiu mundo afora. É no Senhor Jesus que encontramos a razão de sermos Igreja Católica. Por isso, é muito salutar recordar que Pedro, o escolhido por Jesus para liderar Sua Igreja, continua “vivo” entre nós na pessoa do Papa.

Toda a ansiedade dos dias que antecederam a eleição do novo pontífice foi substituída por sentimentos de esperança, gratidão a Deus e aos líderes da Igreja, solidariedade com o Papa Francisco e sua missão...

Portanto, é movido por verdadeira fé que acolhemos o novo Papa e nos comprometemos em continuar a ser Igreja de Cristo com ele. Suas primeiras palavras, seu olhar, seu sorriso sereno, seu pedido de oração, seu gesto de encurvar-se diante do povo... nos transmitiram muitos ensinamentos.

Sim, a Igreja não é o Papa. Pois, ele e cada um de nós batizados, membros do Corpo Místico de Cristo, somos Igreja viva! E, portanto, temos uma exigente missão no mundo hodierno. Oxalá os testemunhos de São Francisco Xavier (missionário e mártir da evangelização) e de São Francisco de Assis (pobre entre pobres e irmão universal) nos auxiliem a seguirmos os passos de Jesus, unidos ao Papa Francisco e, particularmente aqui na Diocese de Tubarão, também ao nosso Bispo João Francisco!

Ainda parece muito cedo, mas é na fé que eu sinto que este Papa brotou do Coração de Deus como mais um “consolo divino” aos seus filhos amados. Junto com os nossos jovens seminaristas eu também louvo e agradeço ao Senhor pelo nosso novo Papa! Maravilhoso é o nosso Deus!

Comentários

  1. "Somos hermanos"! Nos identificamos com cada gesto, cada sorriso, cada palavra! O simples torna-se incrível. Louvemos o novo Papa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário