RIBEIRÃO PEQUENO – ABERTURA DA FESTA DE SÃO BRÁS


29 de janeiro de 2012. 20:30h. Neste verão tem sido um desafio enorme tomar a BR 101 seja para ir de Tubarão para Laguna, ou voltar de Imbituba para Ta Cidade Azul.


O trânsito intenso “afunila” nos trechos ainda não duplicados da via federal, provocando extensos congestionamentos de veículos e estressantes experiências na estrada.


Convidei meus pais Sebastião e Osmarina, e ainda o seminarista Fernando Machado, para me acompanharem até Ribeirão Pequeno. Tomamos a estrada por volta das 17:30h. Por mais de uma hora ficamos presos no trânsito. Até tomarmos um atalho, na altura de Km 37, aliviando o nosso penar sob o escaldante sol.


Chegamos mais cedo ao Distrito de Ribeirão Pequeno e conversamos com as pessoas que chegavam para a celebração. Conversamos com o seu Célio, fundador do Terço dos Homens, um movimento que reúne homens para fortes momentos de oração mariana e outras atividades religiosas na comunidade.


Na hora marcada iniciamos a Missa, abrindo, assim, solenemente, os festejos em homenagem ao padroeiro São Brás. A animação foi feita pelo Movimento de Irmãos da matriz Santo Antônio dos Anjos de Laguna. E eu os ajudei com meu violão e minhas canções. Num belo andor estava a imagem do padroeiro.


Ao final da celebração fez-se a apresentação da apuração das candidatas à Rainha e Princesas da Festa deste ano. Foi sorteado um prêmio entre os que apoiaram esta promoção. Fiz um momento vocacional com a presença dos seminaristas Fernando, Alberto e Gustavo. Após a celebração, foi oferecido aos visitantes um delicioso coquetel.

Comentários