terça-feira, 31 de janeiro de 2012

RIBEIRÃO PEQUENO – ABERTURA DA FESTA DE SÃO BRÁS


29 de janeiro de 2012. 20:30h. Neste verão tem sido um desafio enorme tomar a BR 101 seja para ir de Tubarão para Laguna, ou voltar de Imbituba para Ta Cidade Azul.


O trânsito intenso “afunila” nos trechos ainda não duplicados da via federal, provocando extensos congestionamentos de veículos e estressantes experiências na estrada.


Convidei meus pais Sebastião e Osmarina, e ainda o seminarista Fernando Machado, para me acompanharem até Ribeirão Pequeno. Tomamos a estrada por volta das 17:30h. Por mais de uma hora ficamos presos no trânsito. Até tomarmos um atalho, na altura de Km 37, aliviando o nosso penar sob o escaldante sol.


Chegamos mais cedo ao Distrito de Ribeirão Pequeno e conversamos com as pessoas que chegavam para a celebração. Conversamos com o seu Célio, fundador do Terço dos Homens, um movimento que reúne homens para fortes momentos de oração mariana e outras atividades religiosas na comunidade.


Na hora marcada iniciamos a Missa, abrindo, assim, solenemente, os festejos em homenagem ao padroeiro São Brás. A animação foi feita pelo Movimento de Irmãos da matriz Santo Antônio dos Anjos de Laguna. E eu os ajudei com meu violão e minhas canções. Num belo andor estava a imagem do padroeiro.


Ao final da celebração fez-se a apresentação da apuração das candidatas à Rainha e Princesas da Festa deste ano. Foi sorteado um prêmio entre os que apoiaram esta promoção. Fiz um momento vocacional com a presença dos seminaristas Fernando, Alberto e Gustavo. Após a celebração, foi oferecido aos visitantes um delicioso coquetel.

FESTA DE SÃO PAULO APÓSTOLO EM ALTO PEDRINHAS



29 de janeiro de 2012. 10:30h. No município de Pedras Grandes, deixando a BR na altura de Pedrinhas, toma-se uma estrada de chão morro acima.


A gente sobe, sobe... e lá adiante vai encontrar um simpático vilarejo italiano. É Alto Pedrinhas. A imponente e bela capela estava toda enfeitada para a festa do padroeiro São Paulo.


Veio gente de toda a vizinhança para a celebração. A capela ficou repleta de fiéis. Um casal de ministros de música de Içara animou a Santa Missa. Foi a segunda vez que presidi Missa ali; a primeira foi há muitos anos.


Desta feita, tive a alegria de concelebrar com o Pe. Márcio Martins, filho da paróquia (Azambuja), que estava passeando com seus pais.


Toquei violão, cantei minhas canções... e, junto com a comunidade, celebramos o Santo Sacrifício. Foi muito bom celebrar esta festa de São Paulo.

MISSA NA MATRIZ SÃO GABRIEL ARCANJO – PEDRAS GRANDES



29 de janeiro de 2012. 8:30h. O domingo amanheceu ensolarado. A estrada que conduz de Tubarão a Pedras Grandes, margeando o Rio Tubarão, revelava as belezas naturais dos barrancos e montanhas da região.


Encontrei a comunidade reunida para a celebração. Ao último toque do sino do campanário mais algumas pessoas que conversavam na praça adentraram ao templo.


Um grupo de cantores animou a Santa Missa que eu presidi à convite do Pe. Tezza. Rezamos, preguei a Palavra de Deus auxiliado por minhas canções e, ao final, cumprimentei vários fiéis que vieram pedir uma bênção ou me saudar pessoalmente. Povo cordial, sempre é bom celebrar em Pedras Grandes!

HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO – MISSA



28 de janeiro de 2012. 16h. “Que bom que o senhor veio! Eu estava aqui pensando que não poderia participar da Missa neste domingo. E eu não costumo ficar sem a Missa dominical desde criança!”


Foi o que eu ouvi de um sorridente senhor gaúcho que estava internado na UTI do Hospital N. Sra. da Conceição nesta tarde de sábado, 28. Acompanhado da Ir. Madalena, fui levar-lhe a Unção dos Enfermos após a Missa na capela do Hospital.


A presença do sacerdote nestes momentos cruciais da vida da pessoa é fundamental e muito cheia de significados. Faz-me lembrar aquela passagem do Evangelho em que se lê: “Estive doente e não me visitastes”.


É digno de louvor o trabalho das religiosas, dos voluntários e do capelão, Pe. Ademir Borges, no nosso Hospital.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

SÃO TOMÁZ – IMBITUBA – MISSA VOCACIONAL


25 de janeiro de 2012. 20h. Após o enfrentamento do habitual congestionamento de carros no trecho Tubarão-Laguna da BR 101, eu e meus pais chegamos a Imbituba.


Nossa celebração aconteceu na pequena comunidade de São Tomáz. Era festa do padroeiro; ocasião propícia para lançar a semente das vocações específicas. Além do testemunho de São Tomáz, ainda a liturgia apresentava a conversão de São Paulo, solenidade especial.

A animação foi feita pelo Ministério Tons de Deus, dos meus queridos amigos Vavá, Aninha e Josy. Os demais músicos estavam super-entrosados e afinados.

Os festeiros estavam muito contentes, uniformizados, sob a coordenação do casal Rogério e Adriana. Cantei canções do “Pescador do Céu” e “Canção de Paz”. Distribuí o Jornal Diocese em Foco, como tenho feito nas celebrações deste mês.



Ao final, fiz uma homenagem ao Ministério, que gravou comigo o CD “Está escrito no Céu”, e presenteei-lhes cópias do novo CD. Terminada a celebração, fomos jantar na residência do casal 1º Festeiro: tudo à base de frutos do mar. Meu Deus!

14º CÊRCO DE JERICÓ – PROMOÇÃO VOCACIONAL E APRESENTAÇÃO DO CD “PESCADOR DO CÉU”




24 de janeiro de 2012. 20h. Mais uma vez tive a alegria de ser convidado para presidir uma Missa no Cêrco de Jericó da cidade de Tubarão.


É a 14ª vez que o evento é editado, sob a coordenação de um grupo de pessoas que cresceram na espiritualidade da RCC. O tema deste ano é “Realiza um milagre em mim”.


Mais de dez mil pessoas participam das celebrações promovidas durante o Cêrco.


Por isso, dentro da programação, as Missas tornam-se os momentos mais intensos de adoração e louvor ao Senhor; oportunidades riquíssimas de evangelização e avivamento na fé.


Nesta noite, 24, eu pude contar com a maravilhosa presença do Ministério de Música Vozes do Espírito, de Jaguaruna. Um grupo de seminaristas e coroinhas e ministros da Comunhão auxiliaram-me na Liturgia.


A decoração do presbitério ajudou a criar um clima de oração. A capela de Santo Antônio de Pádua, da paróquia da Catedral, ficou repleta de fiéis.


E a Rádio Tabajara (Bandeirantes AM), de Tubarão, transmitiu a celebração. Mérito da Maria Auxiliadora que trabalha nesta empresa e fez todos os acertos.


Foram duas horas de muito louvor, reflexão, oração e adoração do Senhor Jesus. O calor intenso do dia foi amenizado por uma chuva fresca que caiu ao entardecer.


Tudo concorreu para o bem da Igreja e para a glória de Deus. Eu fiquei muito feliz em poder estar ali e ajudar aquela multidão a celebrar o Santo Sacrifício.

JOVENS DA RCC REALIZAM MISSÃO EM COMUNIDADES



22 de janeiro de 2012. 15:30h. Cerca de 120 jovens da RCC das dioceses de Tubarão e Criciúma realizaram Missões em Imaruí. Esta foi realizada nas comunidades de São Pedro (Rio Prainha) e Santa Rita de Cássia (Barranca). Pela 4ª vez os jovens vêm à paróquia para visitar e benzer as casas das comunidades.


Como não poderia ser diferente, a animação era gigantesca no meio dos missionários. Um excelente Ministério de Música constituído pelos próprios jovens missionários animou a celebração.


A Missa foi antecedida por uma procissão, sob um sol tórrido, que transladou a imagem da Senhora de Fátima desde a casa de D. Escolácia (uma senhora quase centenária) até a capela. Ali eu presidi a Santa Missa com muita unção.


A homilia foi focada na missionariedade, fundada na liturgia do dia. Aproveitei para cantar algumas de minhas canções sobre o tema.


À frente de todo o trabalho está o jovem seminarista Juliano que, até os dezoito anos era meu coroinha e catequista na comunidade vizinha de Carreira do Siqueiro. E que, agora, reside em Criciúma, onde ingressou no Seminário e iniciará a Filosofia. Após a celebração pude conversar com a galera e rever antigos paroquianos.

MISSA FESTIVA E APRESENTAÇÃO DO “PESCADOR DO CÉU”



22 de janeiro de 2012. 10:30h. Novamente voltei à comunidade de São Sebastião, no Arroio, para a Santa Missa festiva. Foi a ocasião que aproveitei para apresentar algumas canções do meu novo CD.


A Palavra de Deus prevista pela liturgia e o testemunho do glorioso mártir combinaram com as canções “Asas de águia”, “Coração Missionário” e “Pescador do Céu”.


A capela recebeu uma decoração mais festiva. E a imagem do padroeiro foi colocada num florido andor. A animação foi feita pelo Ministério de Música da juventude local.


Os festeiros estavam muito felizes pelo êxito desta festa. São pessoas muito simples que recebem alegremente a missão de coordenar os festejos do padroeiro e, não obstante tantos outros compromissos familiares, se dedicam inteiramente à comunidade.


Concedi entrevista ao Manoel Martins, da Rádio Bandeirantes, de Imbituba, que estava irradiando a celebração.

MISSAS E BATIZADOS NA MATRIZ DE NOVA BRASÍLIA



22 de janeiro de 2012. 08 e 19:30h. A matriz de Santa Terezinha, em Nova Brasília, ficou repleta de fieis para a Missa dominical neste dia 22.


Recebemos a visita do Pe. João de Bonna, Orionita, que está visitando seus familiares naquela comunidade. Pedi a ele que presidisse a celebração e ele prontamente aceitou.


A bonita celebração foi animada pelo Ministério de Música dos jovens da comunidade. A Rádio Comunitária transmitiu a Missa.


À noite, pelas 19:30h, eu voltei a presidir a Missa na comunidade. Desta feita, a animação ficou com o Movimento de Irmãos local. Rezamos pelo Pe. André, o pároco, que sofreu um acidente doméstico e se prepara para uma intervenção cirúrgica no joelho. Estamos torcendo por sua breve recuperação.


No dia anterior, sábado, eu ministrei o Sacramento do Batismo a três novos cristãos. Nestas horas se confirma a importância das lideranças numa comunidade.


Gostaria de destacar o apoio dos seminaristas Anderson e Thiago Francisco que estão auxiliando a comunidade enquanto o pároco está ausente.

ALTO ARROIO – MISSA DO DÍZIMO


21 de janeiro de 2012. 19:30h. Hoje eu encontrei a comunidade um pouco angustiada. Isso não é nada comum; ao contrário: Alto Arroio é uma comunidade muito viva e animada.


Mas havia um mal-estar: no dia anterior os ladrões assaltaram a capela e levaram toda a sua excelente aparelhagem de som. As lideranças me disseram que o prejuízo foi de uns nove mil reais!


O jeito foi improvisar uma aparelhagem inferior. Todavia, o problema – de imediato – foi resolvido. O paliativo deu resultado e fizemos uma linda Santa Missa.


A comunidade de Santa Luzia pode inspirar-se na sua padroeira a não desistir nunca. E não desistirá. O problema é que este tipo de rapinagem está se tornando cada vez mais comum. Recentemente foram assaltadas outras capelas na região de Imbituba e Tubarão.


Durante a homilia tentei atualizar a Palavra de Deus proposta pela Liturgia, com os recursos de meu violão e minhas canções. A animação foi feita pelo bom grupo de cantores da própria comunidade.

ARAÇATUBA – MISSA E APRESENTAÇÃO DO NOVO CD



21 de janeiro de 2012. 18h. A comunidade de Santa Cruz, no bairro Araçatuba, em Imbituba, tem uma capela muito bonita e conserva as características originais dos primeiros colonizadores luso-açorianos. No caminho para o famoso balneário de Garopaba, é muito visitada pelos turistas.


Neste dia 21 tive a alegria de presidir a Missa na comunidade. Apesar do intenso calor, a capela ficou tomada pelos moradores do lugar. A animação ficou com um grupo do Movimento de Irmãos de Imbituba.


Durante a celebração eu cantei músicas do meu novo CD. Eu acredito no poder das canções inspiradas em textos bíblicos – como as que eu componho – e que elas podem ajudar muito no acolhimento da Palavra de Deus.

ARROIO – FESTA DO PADROEIRO SÃO SEBASTIÃO


20 de janeiro de 2012. 20h. Hoje é um dia especial dentro do santológio cristão: dia do glorioso mártir São Sebastião. É um dos santos mais populares da Igreja e homônimo do meu querido pai.

Como tem acontecido nos últimos anos, a comunidade de Arroio celebra o seu padroeiro nesta data e me convida para presidir a Santa Missa. É engraçado, mas eles me dizem: “já está contratado para o próximo ano!”.

A pequena capela ficou lotada de fiéis. A Irmandade de São Sebastião animou a celebração e estava comemorando dois anos de fundação.

Durante a celebração foram trazidos e abençoados bolos e massas (pães) oferecidos em ação de graças ao santo. Acompanhou-me o seminarista Thiago Francisco, que me auxiliou nos serviços do altar.

Com um violão, entoei algumas canções do meu repertório. A celebração foi muito bonita e, como eu não tenho pressa, após a Missa fiquei conversando com o pessoal.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

MISSA DOMINICAL EM RIO DO POUSO – TUBARÃO



15 de janeiro de 2012. 9h. Os moradores da comunidade e mais alguns visitantes (especialmente hóspedes do Hotel vizinho à capela) lotaram a pequena capela de Santa Terezinha para a Missa neste dia 15, domingo. A igreja estava bem enfeitada e um grupo de cantores do lugar dirigiu a liturgia.


Durante a homilia eu apresentei algumas de minhas canções, especialmente as que estão no novo CD, ilustrando a reflexão da Palavra de Deus deste dia. Durante a apresentação das oferendas, uma dezena de crianças apresentou o seu “Diziminho” no altar, seguindo seus pais dizimistas.


Após a celebração, fiquei conversando demoradamente com algumas lideranças. É sempre uma ótima oportunidade para que a gente, como padre, possa sentir o pulsar do coração na Igreja na vida das pessoas.

FESTA DE SÃO SEBASTIÃO EM BARREIROS – LAGUNA


14 de janeiro de 2012. 20:30h. Dia 20 será comemorado o Dia de São Sebastião, o “glorioso mártir”!

Muitas comunidades da região estão festejando o seu padroeiro, grande servidor de Jesus Cristo, soldado da fé e protetor contra as pestes e tempestades.

Dentre estas comunidades encontra-se a de Barreiros, no interior de Laguna, na paróquia de Cabeçuda. É o maior e mais populoso bairro do recém-criado município de Pescaria Brava.

Eu tive a alegria de poder participar dos festejos de São Sebastião presidindo a Santa Missa neste sábado, 14. Convidei meus pais Sebastião e Osmarina, que me acompanharam.

A animação foi dirigida pelo Ministério de Música Herdeiros do Céu, da comunidade de São Miguel de Sítio Novo, em Imaruí.

A bonita capela ficou repleta de fiéis. Foi tudo muito bonito e cheio de fervor. Durante a homilia utilizei alguns cânticos dos meus CD’s e senti que o resultado foi positivo, com a Graça de Deus.

Carinhosamente, após a celebração, as lideranças nos convidaram para um delicioso lanche.

MAR GROSSO – LAGUNA – LANÇAMENTO DO NOVO CD


08 de janeiro de 2012. 20h. A tradicional Festa de Santa Terezinha do Menino Jesus no Mar Grosso, em Laguna, acontece durante todas as noites da semana. Eu presidi a Missa-novena neste domingo, 8, que foi transmitida pela Rádio Garibaldi.


A capela ficou tomada de fiéis, não obstante o forte aguaceiro que caiu sobre a região hora antes da Missa. A animação ficou com o recém-criado Ministério de Música Filhos do Céu, de Humaitá, Tubarão. À frente do Ministério, a nossa amiga Helena.


Os festeiros, devidamente uniformizados, acolheram os visitantes. Durante a reflexão, aproveitei algumas de minhas canções para transmitir o Evangelho do Senhor.


Apresentei meu novo trabalho musical à comunidade que sempre me recebeu com carinho e acolheu meus CD’s.


Após a Missa atendi algumas pessoas, dei autógrafos, agendei compromissos e participei do coquetel oferecido pelos festeiros.

FESTA DE SÃO GONÇALO – LANÇAMENTO DO NOVO CD


08 de janeiro de 2012. 9:30h. À convite dos festeiros, eu e o Ministério de Música Vozes do Espírito retornamos à comunidade de Itoupeba para a Missa de São Gonçalo.

Os moradores da pequena comunidade do interior de Araranguá, como o Pe. Wilson, filho da terra, reservam estes dias de festa para retornarem à terrinha.

Movidos pela devoção, muitos fiéis vieram participar da festa, provenientes de vários municípios e Estados. De Jaguaruna foram dois ônibus com devotos!

O dia ensolarado ajudou a embelezar a festa. A capela ficou superlotada. Os músicos realizaram com êxito sua missão. Eu presidi a Missa e apresentei algumas canções do Cd “Pescador do Céu”. Após o almoço, por volta das 14h, retornamos para Jaguaruna e, dali, para Laguna.

BALNEÁRIO ARROIO CORRENTE – MISSA DE REIS E LANÇAMENTO DO NOVO CD

07 de janeiro de 2012. 20h. Penso que esta foi a sétima Missa de Reis que eu presidi na comunidade do Balneário.


A celebração aconteceu na praça da capela Nossa Senhora dos Navegantes. O altar foi montado na varanda da igrejinha. Preparou-se boa iluminação do local, com uma boa sonorização.


O pessoal foi chegando aos pouco. Fazia muito calor. Geralmente chove nestas ocasiões, mas Deus nos brindou com uma noite linda e agradável.


A animação da Missa ficou com o Grupo Terno de Reis Estrela Guia, de Jaguaruna. O Grupo é constituído de senhores de meia idade apaixonados pela tradição. São eles: o Jair (percussão), o José Faustino (violão), o Waldir (violão), o Chico (banjo), o Cassemiro (acordeon), o Nestor (percussão), o Fábio (violão) e sanfoneiro
Maneca.

Na procissão de entrada a Ir. Chiara, natural da região, apresentou a imagem do Menino Jesus, anunciando a solenidade da Manifestação do Senhor ao mundo (Epifania).

O seminarista Thiago Francisco ajudou-me no altar. Durante a homilia cantei duas canções do meu novo CD.

Ao final homenageamos as crianças, os aniversariantes e os casais jubilares (de Prata e de Ouro). Foi tudo muito lindo!

Agradeço muitíssimo minha comadre, a fotógrafa do Jornal Folha Regional (Jaguaruna), Vanderléia Costa Porto. Estas fotos são obras dela!

Um rico momento de evangelização e de celebração da fé! Dentro do projeto Pastoral do Turismo na Praia, aconteceram Missas em vários balneários na redondeza.

PESCARIA BRAVA – MISSA DE REIS E LANÇAMENTO DO NOVO CD


06 de janeiro de 2012. 20h. A comunidade de Pescaria Brava está vivendo dias históricos: o Distrito foi elevado à condição de sede do mais novo município do nosso Estado.


Neste ano acontecerão as primeiras eleições do município. É neste clima está acontecendo a Festa de Senhor do Bom-fim e de Nossa Senhora das Dores.


A centenária igreja estava toda enfeitada para a Missa deste dia 6 de janeiro, Dias dos Santos Reis. Eu presidi a celebração que foi animada pelo Coral São Miguel, de Capivari de Baixo.


Levei meus pais comigo, bem como meus tios Betinha e Ademar.


Após a comunhão, fiz uma simbólica procissão com as crianças até o presépio, enquanto o coral cantava Reis. E permiti que elas entrassem no presépio. Foi muito bonito!


Durante a celebração eu apresentei canções de meu novo CD “Pescador do Céu”. Ao final, conversei calmamente com as pessoas da comunidade.

JAIME PALADINI – UM PALADINO DO BEM



05 de janeiro de 2012. 10h. Não foi sem tristeza no coração que recebemos a notícioa do passamento de Jaime Paladini. Muito jovem, apenas 58 anos de vida, voltou para a Casa do Pai este irmão e amigo. Deixou-nos um enorme legado.


Ao dar-me a notícia, seu único filho, o Rodrigo, se conformava a si mesmo pelo fato de saber que seu amado pai não iria mais sofrer. De fato, os últimos anos foram cruéis para o Jaime, pois um câncer na laringe o impediu de realizar plenamente sua missão (talvez esta fosse a sua missão!).

Nascido no interior de Orleans, de uma tradicional família de origem italiana, aprendeu a valorizar a família e a religião. Lá mesmo despertou sua preocupação com o mundo da Educação e da Cultura. Chegou a assumir esta Secretaria naquele município.

Além de ministrar aulas em várias escolas, preocupava-se com o desenvolvimento social do país. Por isso, abraçou a causa partidária desfraldando a bandeira do PCdB. Comunista e cristão.

Vindo trabalhar em Tubarão, em meados da década de 80, lecionou no respeitado Colégio São José (onde grande parte da elite citadina estuda) e no recém-criado Colégio João XXIII, no bairro Passagem.


Ali começou nossa história com o Jaime. Alto e esguio, com seu imponente bigode, e sempre sorrindo, aquele novo professor de Física e Química era diferente dos demais. Facilmente fez amizades com todos e se interessava pela vida dos alunos, de suas famílias, de suas localidades... Aos poucos ficou amigo de todos.

Diante dos graves problemas do uso de drogas e do êxodo escolar, ele sugeriu a criação de uma banda de música. Percebera que mais de uma dezena de alunos trazia violões para o colégio e que havia muitos cantores dentre os jovens.


A proposta foi rapidamente aceita e nasceu o Grupo Musical João XXIII que, logo recebeu o nome oficial Grupo Musical Censura Livre. Foi a base de um projeto mais amplo: a Oficinas de Artes Censura Livre, concretizando um desejo da comunidade escolar: Escola Aberta aos finais de semana. O projeto durou dois anos e despertou centenas de talentos artísticos na circunvizinhança em todos os campos das Artes. A banda ainda durou oito anos!

No campo da política, o Jaime foi presidente de seu partido e candidato a prefeito de Tubarão em 1996. Alguns de seus ex-alunos aderiram às causas do partido, embora o Professor jamais tenha obrigado alguém a isto. Como verdadeiro educador, ensinava seus alunos a pensar sobre a realidade em que estavam inseridos.

O Jaime apoiou várias lutas comunitárias e incentivou a organização popular, as associações... Apaixonado pela causa ambiental, com o fim da Oficina de Artes e o falecimento de sua querida esposa Márcia, passou a dedicar-se às lutas ecológicas.


Participou dos movimentos ecológicos e idealizou e dirigiu o projeto Verde é Vida, da Afubra. Também fundou uma ONG para lutar em favor da natureza. Ministrou palestras e cursos sobre o tema, ocupando rotineiramente os espaços na imprensa local.


Em outubro último recebeu uma rara medalha de Honra ao Mérito concedida pelo Governo do Estado de Santa Catarina devido ao seu grande trabalho social, deixando-o muito feliz.

Neste dia 4 de janeiro de 2012, o mundo perdeu um grande educador, homem idealizador e ambientalista. E nós perdemos um amigo. Obrigado, Jaime ... paladino do bem!

TRÊS DE MAIO – CAPIVARI – MISSA DA MÃE DE DEUS


01 de janeiro de 2012. 18h. A comunidade de São José, no bairro Três de Maio, de Capivari de Baixo, se reuniu neste primeiro dia do novo ano para celebrar o Santo Sacrifício da Missa.


E o calendário litúrgico marcava a solenidade da Mãe de Deus, Rainha da Paz. Tudo muito propício para iniciarmos muito bem 2012.


Eu presidi a celebração, à convite do Pe. Adelino Matildes, o pároco. A animação ficou por conta de um ministério de música da comunidade.


Durante a homilia refleti sobre a Palavra de Deus e cantei algumas de minhas canções.


Após a celebração fiquei conversando com os fieis. Pessoal muito simpático e dedicado à vida eclesial da comunidade.


Aliás, em todos os lugares onde tenho a graça de ir, encontro pessoas assim tão devotadas ao bem comum e à construção do Reino de Deus. Que Deus as abençoe abundantemente!