SANTA CRUZ – JUBILEU DO PE. PEDRO DE BIASI



20 de dezembro de 2011. 19:30h. Foi uma noite memorável! O Pe. Pedro, nosso Reitor, merecia uma homenagem assim... e muito mais! O dia estava muito quente, mas a chuva esperada não chegou.


Chegamos aliviados à capela de Santa Cruz, no interior de Treze de Maio. Foi ali que nasceu e se criou o nosso Reitor.


Por isso, ao celebrar os 25 anos de presbiterado, ele desejou realizar a Missa de Ação de Graças nesta comunidade. As pessoas largaram seus afazeres mais cedo para poder celebrar a vocação de seu filho mais querido e mais importante. A capela estava bem enfeitada e ficou repleta de fieis.


Vários amigos de outros municípios também se fizeram presentes. Além do jubilando, mais doze sacerdotes compareceram. Coube aos seminaristas a animação da celebração; e o fizeram muito bem.


Durante a sua homilia, Pe. Pedro refletiu sobre a sua vocação e convidou a comunidade a olhar o testemunho de Maria.


Ao final da Missa, uma senhora da comunidade dirigiu algumas palavras ao Pe. Pedro. Disse: “Parabéns, Pe. Pedro, pelo seu sacerdócio. O senhor renunciou a muuitas coisas para abraçar esta vocação. O padre é um especialista nos segredos de Deus; o padre é um homem de oração. Suscita alegria por todo lugar e desperta a esperança. É um pastor que cuida do rebanho. Estamos muito felizes com o seu jubileu. Nossa comunidade de Santa Cruz lhe parabeniza e reza pelo seu ministério.”


Pe. Sérgio Jeremias, Administrador Diocesano, também parabenizou o reverendo, destacando-lhe algumas virtudes, especialmente sua incapacidade de dizer ‘não’ quando lhe é solicitado algum trabalho, mesmo que isto lhe custe muito.

Pe. Nivaldo, o Pároco, parabenizou o jubilando e anunciou que, terminada a missa, seria partilhado um bolo de aniversário gigante.


Após a celebração, diante da capela, o sacerdote jubilar foi homenageado através de um serviço de telecar, e recebeu vários cumprimentos, inclusive do time de futebol local, sagrado campeão da liga regional deste ano.


Sua mãe Santina, alquebrada pela enfermidade, amparada pelas filhas, participou da cerimônia e homenagens.


Em seguida, num restaurante de São Gabriel, foi oferecido um delicioso jantar aos convidados. Momento de muita fraternidade e descontração. Pe. Pedro estava muito feliz e acolhia cada um com seu largo sorriso.

Comentários