domingo, 25 de dezembro de 2011

NATAL - CELEBRAR A ESPERANÇA



Lá na casa de meus pais a vida ficou mais cheia de esperança! Nasceu Rafaela, terceiro rebento do amor de Rafael e Angelita. Foi lá que ela viu, pela primeira vez, a luz do dia, bem na Festa de Cristo Rei, acolhida com o afeto de toda a família. O Natal chegou mais cedo lá em casa!

O lar de José e Maria ficou repleto de luz quando nasceu Jesus, naquela venturosa noite de Natal. Festa em Belém! Deus fez-se Emanuel!... e veio “armar sua tenda” entre nós! Já podemos notar as nossas cidades recebendo novas decorações, que as deixam ainda mais bonitas. Lâmpadas de todos os tamanhos e cores, bonecos que recordam aquela noite em Belém e até outros personagens estranhos, mas mimosos. É Natal!

Para nós cristãos, marcados para ser testemunhas de que Jesus é o Senhor, eis um tempo especial para comemorarmos o Seu aniversário e celebrá-Lo vivo entre nós. Mais do que nunca, somos chamados a celebrar o verdadeiro sentido do Natal, já tão desfigurado pelo consumismo que “endeusou” o Papai Noel. E muitos de nós acabamos confirmando esta degeneração do sentido natalino, reforçando-o em nossas festas.

Já não podemos esperar nada do “bom velhinho”, pois ele nada pode nos dar. Não tem vida em si, não existe, é fantasia. Nossa esperança não é fantasia. A pessoa do Menino Deus (esta, sim!) é apaixonante, encantadora e real! A Sua história pode mudar vidas, revolucionar mentes e corações e toda a sociedade! É uma história de amor que alimenta os sonhos e a vida de seus discípulos.

O Natal está chegando. E com ele a oportunidade de contemplarmos o presépio de Belém; de renovarmos nossas esperanças de que um novo mundo é possível. O nascimento de Jesus é fruto de um SIM maior: do Filho ao projeto do Pai, e de uma jovem, Maria, que acolheu o Espírito Santo.

Também eu e você podemos viver um Santo Natal, acolhendo esta presença divina em nossas vidas. Podemos acolher aquele anúncio dos anjos em Belém: “Hoje nasceu para vocês (para mim!) o Salvador”.

A festa do Natal renova em nós a certeza de que Deus continua a pensar e a confiar em nós. Por isso, somos chamados a envidar todos os esforços para vivermos bem nosso batismo, “para que o mundo creia” em Jesus. Precisamos renovar nossa fé e semear as sementes de esperança nos corações das pessoas. Natal é tempo de esperança! Por isso cantemos alegres: “Natal é vida que nasce! Natal é Cristo que vem! Nós somos o Seu presépio; e a nossa casa é Belém!”.

Nossa Diocese vive um advento especial: aguarda a nomeação e a chegada do novo Bispo! Este é um tempo especial para revermos nossa caminhada eclesial e retomarmos nossos compromissos de evangelização. Não estamos perdidos: contamos com a força do Espírito Santo, com a abnegação dos padres e lideranças leigas e um Plano de Pastoral que nos orienta. E uma certeza: o Senhor Jesus nunca nos desamparou, caminha junto de nós, fazendo Natal todos os dias em nossas famílias e comunidades.

Portanto, assim como em minha família a esperança se renova com a chegada da menina Rafaela, desejo que o Natal de Jesus encha a sua vida (e toda a humanidade) de muita felicidade. FELIZ E SANTO NATAL DE TODOS OS DIAS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário