9ª PEREGRINAÇÃO DA FÉ ENALTECE O TESTEMUNHO DE ALBERTINA


18 de setembro de 2011. Após algumas iniciativas paroquiais de peregrinação ao túmulo de Albertina (como Treze de Maio, de ônibus, em 2000; e Capivari, à pé, em 2001- a Caminhada da Fé; entre outras), em setembro de 2001 eu convidei o povo de Imaruí e das paróquias vizinhas para uma Peregrinação até São Luís.


Queríamos divulgar melhor a retomada do processo de canonização da Serva de Deus (mérito de D. Hilário – pressionado/incentivado por D. Eusébio, arcebispo de Florianópolis) e resgatar o protagonismo de devoção do povo imaruiense.


No ano seguinte a iniciativa ganhou o nome de Peregrinação da Fé, juntando os dois eventos (Capivari e Imaruí) numa mesma data e tornando-a diocesana.


Cerca de três mil pessoas participaram desta 9ª Peregrinação. O momento forte foi a Missa das 10h, presidida pelo Pe. Sérgio, Reitor do Santuário e Vice-postulador da Causa da Beata. Concelebraram, além de mim, os padres Eduardo e Realdo.


Todos os seminaristas me acompanharam. Percebemos que já se encontram bem adiantados os trabalhos para a capeamento asfáltico do acesso à São Luís, via São Martinho. Um dia, como uma graça especial de Albertina, teremos asfaltado também o acesso por Imaruí.

O Santuário estava muito lindo e tudo muito bem organizado. Após o almoço (gentileza da paróquia local), fomos visitar a Gruta do Martírio e o Recanto da Natureza. Aliás, neste Recanto os seminaristas puderam andar por todos os lugares bonitos: piscinas naturais, ilhas artificiais, jardins...


Dali fomos para Vargem do Cedro, um encantador Distrito de São Martinho. No Flus Haus brincamos com os peixes no rio que vara a casada mãe do Pe. Vilmar e irmã da Beata Albertina. Batemos fotos das avestruzes, dos pavões, dos jardins... do Fritz e da Frida. Nosso passeio foi muito lindo e tranquilo. Mais uma graça alcançada por nossa Santinha!

Comentários